Prefeitura melhora atendimento a animais na Zona Oeste e inaugura ala com equipamentos modernos no Centro de Controle de Zoonoses de Santa Cruz

Publicado em 11/08/2020 - 14:20 | Atualizado em 11/08/2020 - 14:25
Investimento em setor de imagens vai permitir que, além das castrações, cirurgias de maior complexidade sejam feitas. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, inaugurou nesta terça-feira (11/08) uma ala com equipamentos de ponta no Centro de Controle de Zoonoses Paulo Dacorso Filho (CCZ), em Santa Cruz, que vai agilizar diagnósticos e tornar o tratamento de animais mais eficiente. O CCZ, que funciona no Largo do Bodegão, passa a contar com uma central de material e esterilização e aparelhos de ultrassonografia, ecocardiograma e Raio-x digital, que permitirão a realização de mais cirurgias, com maior grau de complexidade, além das castrações já feitas com frequência.

– É o Souza Aguiar, o Miguel Couto dos bichinhos, que coisa bonita. Pessoas que amam seus animais e cuidam com tanto zelo deles ganham agora melhores condições para atendimento àqueles que necessitarem de cuidados especiais e de emergência – afirmou Crivella, acompanhado da secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch, e da subsecretária de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, Márcia Rolim.

 

Investimento de R$ 50 mil nos novos equipamentos. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

 

Atendimento completo em favor dos animais e ajuda a quem tem bicho de estimação

Com os novos equipamentos, o centro de zoonoses, unidade responsável no município por serviços veterinários diferenciados, como resgate de cavalos e de outros animais de grande e médio portes em vias públicas, poderá também oferecer um atendimento completo na clínica médica.

– Teremos condições de fazer outras cirurgias, além da castração, e com toda a segurança. O melhor é que vamos facilitar, em muito, a vida da população que necessita cuidar dos seus animais e que agora passa a contar com recursos até então inexistentes numa área tão carente – disse a diretora do CCZ, a médica-veterinária Eliane Lobato.

O investimento de R$ 50 mil nos novos equipamentos é parte do processo de expansão da unidade do Complexo Zona Oeste da Subsecretaria de Vigilância, Fiscalização Sanitária e Controle de Zoonoses, ligada à Secretaria Municipal de Saúde. Exatamente há um ano, o CCZ ganhou o tão esperado centro cirúrgico, com capacidade para até mil castrações por mês. A medida atendeu antiga reivindicação da população.

A modernização dos serviços veterinários não contempa só o CCZ, em Santa Cruz. Na segunda-feira (10/08), o Instituto Municipal de Medicina Veterinária Jorge Vaitsman (IJV), em São Cristóvão, Zona Norte, ganhou equipamentos de última geração para seu novo Centro de Diagnóstico por Imagem José Américo Leal.