Prefeitura do Rio recolhe animais abandonados em terreno de Campo Grande

Publicado em 05/03/2020 - 17:44 | Atualizado em 05/03/2020 - 17:46

A Prefeitura do Rio realizou, na última terça-feira (03), operação para resgatar oito animais que estavam sofrendo maus-tratos na Zona Oeste. A denúncia foi enviada à Subsecretaria de Vigilância Sanitária e Controle de Zoonoses, que organizou a fiscalização em parceria com a Subsecretaria de Bem Estar Animal (Subem) e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente (DPMA).

Um dos cavalos resgatados em péssimas condições de saúde. Foto: Divulgação

Três cavalos, um bode, uma cabra, duas galinhas e um cachorro eram mantidos presos, sem comida e sem água, no terreno de número 536 da Rua Caminho Simão Lobo, em Campo Grande. A equipe precisou arrombar os portões trancados com cadeados, numa área em péssimas condições de saúde e de higiene.

Todos foram levados para o Centro de Controle de Zoonoses da Vigilância Sanitária, no Largo do Bodegão, 150, em Santa Cruz. Um dos cavalos morreu logo após o acolhimento. O cão passa bem e os outros seis animais continuam em tratamento na unidade. Um dos cavalos está muito abaixo do peso, com a saúde comprometida em consequência dos maus-tratos. Os animais viviam em péssimas condições desde o carnaval, uma das épocas do ano com mais registros de abandono. A DPMA segue investigando o caso.

Animais resgatados durante ação da Prefeitura do Rio em Campo Grande. Foto: Divulgação