Prefeitura coloca comboios com fiscais para agir contra aglomerações em shoppings e em outras áreas da cidade

Publicado em 12/06/2020 - 19:58 | Atualizado em 12/06/2020 - 20:08
Fiscalização da Vigilância Sanitária em shopping: combate a aglomerações e outras irregularidades. Foto: divulgação / Subvisa

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, disse nesta sexta-feira (12/06) que seis comboios com agentes de fiscalização farão todos os dias, com equipes da Vigilância Sanitária e da Secretaria de Ordem Pública, incluindo a Guarda Municipal, vistorias em Shoppings, praias e em diferentes pontos da cidade para evitar aglomerações.

As verificações acontecem também no comércio de rua, que ainda não está autorizado a reabrir.

Crivella informou ainda que, na véspera, 11 de junho, pela primeira vez, desde o início da pandemia, o número de óbitos em um dia foi menor do que o registrado na mesma data no ano anterior. Ontem, 11/06, ocorreram 197 óbitos, e em 11/06/19 foram 201. O prefeito fez um apelo para que moradores da cidade ajudem a manter os bons resultados obtidos até agora contra a Covid-19, obedecendo às regras de afastamento social e cuidando da higiene.

– Com o esforço de todos nós, estamos vencendo a crise. Chegamos até aqui depois de 70 dias de sofrimento. Não vamos recuar agora. Vamos perder tudo que já conquistamos por desobedecer às regras? Estamos sepultando menos, pela primeira vez, e vamos jogar isso fora, depois de tanto sacrifício? – afirmou.

Multas e interdições em Shoppings

 

Fiscalização da Vigilância Sanitária em shopping: combate a aglomerações e outras irregularidades. Foto: divulgação / Subvisa

 

O prefeito apresentou um balanço das ações de fiscalização que começaram ontem, quando os shoppings reabriram, e se repetiram hoje. Foram 29 inspeções, cinco interdições e 27 multas por infrações consideradas gravíssimas em shoppings e algumas de suas lojas.

Segundo dados apresentados pela Vigilância Sanitária, as multas aplicadas foram no valor de R$ 13 mil, mas podem ultrapassar R$ 50 mil em casos de reincidência. A punição pode chegar à cassação da licença sanitária.

– Estamos autuando lojas e alguns shoppings. Não temos prazer em multar ou cassar alvará, mas adotaremos sempre as medidas necessárias. Estamos procurando fazer um processo pedagógico. Temos que entrar no ritmo para não ter que voltar para trás – alertou Crivella.

No NorteShopping houve três interdições em lojas de departamento e vestuário. Foram aplicadas sete multas por aglomeração. O shopping foi multado também por ausência de higienização em superfícies.

No Bangu Shopping foram cinco inspeções e cinco infrações por aglomeração em lojas de telefonia celular, que tiveram uma procura muito grande e com várias pessoas entrando ao mesmo tempo. As lojas foram alertadas a fazer o isolamento das áreas e o controle dos acessos dos clientes.

No Nova América foram duas infrações. No Shoppging Boulevard, seis inspeções e uma infração. No
Sulacap Shopping ocorreu uma interdição. No Madureira Shopping, três inspeções, com interdição de uma loja de eletrodomésticos. Houve também operação no Barrashopping, sem ocorrências.

Praias

A partir deste domingo (14/06), a Prefeitura intensificará as ações para orientar a população sobre o distanciamento social e as regras de ouro nas praias da cidade. Equipes da Guarda Municipal, da Seop, da Secretaria Municipal de Fazenda e da Subsecretaria Municipal de Vigilância Sanitária) farão a fiscalização do decreto de flexibilização, que proíbe atividades na faixa de areia e obriga o uso da máscara facial. Carros da Guarda Municipal equipados com alto-falantes para passar mensagens de prevenção serão usados na operação.

– O objetivo é conscientizar a população quanto à necessidade da manutenção distanciamento social e das regras de ouro, que, mais do que protocolos de higienização, tornaram-se medidas fundamentais para salvar vidas. O apoio de todos é muito importante, e não podemos relaxar nesta fase de retomada – disse o subsecretário-executivo da Seop, Alessandro Carraceno.

Madureira

Crivella fez um apelo especial aos comerciantes de Madureira, que abriram lojas de rua apesar da proibição. O prefeito pediu que tenham paciência porque a autorização será contemplada numa fase adiante do plano de reabertura gradual das atividades. Ele explicou que os shoppings tiveram permissão de funcionar antes por terem mais condições de controle das regras de ouro neste momento. E repetiu que o propósito não é punir, mas que os órgãos municipais cumprirão seu dever de coibir abusos e proteger a população.

As regras de Ouro

Clique aqui para acessar as regras estabelecidas pela Prefeitura para a retomada gradual das atividades econômicas.

O balanço completo dos primeiros dias de fiscalização nos shoppings:

Total de inspeções: 29

Total de multas: 27

– Quinta-feira, 11/06, nove (9) multas

– Sexta-feira, 12/06, 18 multas

Total de lojas interditadas: cinco (5), sendo três (3) lojas de eletrodomésticos do Norte Shopping, nesta quinta, por aglomeração;

– Uma (1) no Madureira Shopping, pelo mesmo problema;

– Um (1) restaurante no Shopping Sulacap por falta de água.