Abaixo de Zero: em dois dias, Vigilância Sanitária faz mais de 50 inspeções em fábricas e distribuidoras de gelo do Rio 

Publicado em 18/02/2020 - 18:34 | Atualizado
Vigilância Sanitária realiza operação Abaixo de Zero em bairros da Zona Oste. Foto: Nelson Duarte | Divulgação

Pelo segundo dia consecutivo, a Subsecretaria de Vigilância Sanitária da Prefeitura do Rio realizou a operação Abaixo de Zero, inspecionando fábricas e distribuidoras de gelo na cidade. Organizada por conta do aumento expressivo no consumo do produto nas ruas, em especial, por foliões, associado a questões relativas à água de abastecimento no município, a ação é uma etapa da Operação Carnaval feita desde 8 de janeiro em toda a cidade. Nesta terça-feira, 18, as equipes vistoriaram 21 estabelecimentos da Zona Oeste, como Barra da Tijuca, Recreio, Vargem Grande, Jacarepaguá, Curicica e Taquara, que resultaram em 16 infrações (a maioria por falta de higiene e ausência de licença sanitária, incluindo de veículos), sete termos de intimação com exigências a serem cumpridas e duas amostras coletadas para análise.

 

Somando os número do primeiro dia, a operação Abaixo de Zero já fez 52 vistorias, com 42 infrações, quatro interdições (uma total e as demais de câmaras frigoríficas), 29 intimações e quatro amostras para análise no Lasp, e ainda na inutilização de mais de uma tonelada de gelo sem identificação.  Já como retorno da Abaixo de Zero, o estabelecimento da Avenida Paranapuã, 1.294, na Ilha do Governador, que havia sido fechado na segunda, 17, primeiro dia da ação, providenciou o reparo das irregularidades e foi desinterditado na tarde desta terça, já podendo voltar a funcionar.

 

– Atuamos sempre com foco na prevenção de riscos à saúde, e é muito importante quando vemos o retorno rápido do nosso trabalho com os comerciantes atendendo as exigências da Vigilância – destaca o médico-veterinário Flávio Graça, superintendente de Educação da Vigilância.

 

A ação especial continua ao longo da semana, com as equipes percorrendo outros pontos da cidade para conferir as condições higiênico-sanitárias em que o gelo é fabricado, incluindo a água utilizada, o processo de armazenamento dos sacos e galões e até como se dá o transporte. Os técnicos reforçam também as orientações, convocando oficialmente funcionários e empresários para a capacitação em boas práticas de higiene da respectiva área oferecida pela Superintendência de Educação da Vigilância Sanitária. Nesta quarta, a operação vai percorrer comércios da Tijuca, Centro, Urca, Laranjeiras e Ipanema.