Agentes do Rio+Seguro detêm homem acusado de roubo a turista argentino em Copacabana

Publicado em 21/06/2019 - 09:15 | Atualizado
Ação especial do Rio+Seguro, da Prefeitura, apreende facas na orla de Copacabana e no LemeAção especial do Rio+Seguro, da Prefeitura, apreende facas na orla de Copacabana e no Leme

Horas antes, equipe do programa já havia prendido suspeito de assaltar visitante chileno

Guardas municipais e policiais militares à serviço do Rio+Seguro, programa da Prefeitura do Rio em apoio à segurança pública, prenderam, nesta quinta-feira, 20, um homem acusado de roubar o celular de um turista argentino, na orla de Copacabana. Os agentes faziam patrulhamento de rotina na Avenida Atlântica quando foram acionados por pedestres que tinham imobilizado Carlos Alberto Vieira de Souza, 55 anos. Ao ser conduzido para a 12ª DP (Copacabana) foi verificado que o suspeito possui 18 anotações criminais por roubo e furto.

No mesmo dia, uma equipe do programa coordenado pela Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), deteve um homem acusado de furto a um turista chileno, também em Copacabana. Após tentar fugir da abordagem e ser contido, Diego Lucas Passos de Lemos, de 20 anos, foi reconhecido pela vítima e encaminhado para a delegacia de Copacabana. Lá foi constatado que o acusado tem histórico criminal por porte ilegal de arma, tráfico de drogas, tentativa de homicídio, roubo e furto.

  • 21 de junho de 2019