Prefeitura inaugura Clínica da Família São Sebastião, no Caju 

Publicado em 25/01/2023 - 12:45 | Atualizado em 26/01/2023 - 12:04
A clínica da família irá beneficiar 17 mil pessoas na região - Beth Santos/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio inaugurou, nesta quarta-feira (25/1), a Clínica da Família São Sebastião, no Caju, um dos bairros mais antigos da capital. A nova unidade é batizada em referência ao Hospital São Sebastião, que por 119 anos funcionou na região, e irá beneficiar 17 mil pessoas na localidade. Essa é a segunda clínica da família inaugurada na atual gestão, que também já reformou 186 unidades. O prefeito Eduardo Paes e o secretário municipal de Saúde, Daniel Soranz, participaram da inauguração.

– Esse é mais um passo no esforço de reconstrução da atenção básica no município com as clínicas da família. A maioria delas já foi reformada nestes dois anos de governo, mas vamos reformar todas. Esse é um prédio novo, com as equipes de saúde da família completas, e uma parceria com o governo do Estado, que cedeu o prédio para a Prefeitura. Com isso, vamos dando dignidade para a população na medida em que vamos ampliando este atendimento – afirmou Eduardo Paes.

A recuperação da Estratégia Saúde da Família (ESF) é uma das principais metas da Prefeitura do Rio. Ao final de 2016, o programa tinha uma cobertura de 70% da população carioca e caiu para 39% em dezembro de 2020, quando o município tinha 1.085 equipes da ESF, sendo que 157 delas não tinham médicos. Com a retomada dos investimentos na Atenção Primária, a partir de 2021, a cobertura da ESF chegou a 2023 em 56%, com 1.268 equipes, das quais 1.208 estão completas. É o maior número de equipes de saúde e a menor vacância de médicos.

– O Caju era um bairro que não tinha clínica da família. A unidade é uma homenagem ao antigo Hospital São Sebastião, inaugurado em 1889 para cuidar da epidemia de febre amarela e depois de varíola. A inauguração desta clínica faz parte das metas da gestão do governo Eduardo Paes de recuperar o programa de saúde da família e alcançarmos novamente 70% de cobertura. O programa de saúde da família na cidade do Rio já foi referência nacional e precisamos retomar isso – disse Daniel Soranz.

A clínica possui três consultórios odontológicos – Beth Santos/Prefeitura do Rio

 

Nova clínica terá dez consultórios médicos e três odontológicos

Na nova clínica, que tem o nome do santo padroeiro da cidade, atuarão 40 profissionais de saúde, compondo cinco equipes de saúde da família e duas de saúde bucal. A estrutura é formada por dez consultórios médicos, três odontológicos, sala de vacinas e farmácia. Dessa forma, os usuários da Clínica da Família São Sebastião terão acesso a atendimento clínico e odontológico, vacinação, testes rápidos, além de prevenção, acompanhamento e tratamento de hipertensão, diabetes, tuberculose, hanseníase, HIV e ISTs. Os pacientes que precisem de assistência especializada ou exames serão encaminhados, via Sistema de Regulação (Sisreg), para unidades de referência.

– Muito bem-vinda essa clínica, a gente estava precisando. Com ela, teremos atendimento para os moradores do bairro – declarou Teresinha Claudino, de 49 anos, que trabalha com reciclagem na região e será usuária da clínica.

Morador da região, o carpinteiro Antonio Francisco, de 60 anos, comemorou a chegada da clínica da família no bairro do Caju.

– Existe muita carência de saúde aqui no Caju. Então essa clínica é muito importante para os moradores. Com certeza vai melhorar muito a vida de todos nós aqui.

O antigo Hospital São Sebastião foi inaugurado por dom Pedro II, em 1889, com o objetivo de atender os doentes das inúmeras epidemias que varriam o Rio no fim do século XIX. O hospital, da rede estadual, funcionou no bairro do Caju até 2008, quando foi transferido, como Instituto de Infectologia São Sebastião, para as dependências do Hospital Federal dos Servidores do Estado, no bairro da Saúde.

A nova clínica da família funciona na Rua Monsenhor Manuel Gomes, 630, no Caju, de segunda a sexta, das 7h às 18h, e aos sábados, das 7h às 12h.

– Este é mais um equipamento fundamental para a região do Caju, no Centro da cidade. A clínica da família vai ter, como sempre, sua atenção básica, voltada para o morador. A Prefeitura, conforme é de praxe, entrega o equipamento no epicentro do bairro, facilitando o trânsito e o acesso a essa unidade fundamental para o Caju – disse o subprefeito do Centro, Alberto Szafran.

 

Rede municipal de saúde passa a oferecer DIU hormonal nas 237 unidades de Atenção Primária

  • 25 de janeiro de 2023
  • Skip to content