Prefeitura celebra Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência com o projeto Acessibilidade Carioca

Publicado em 20/09/2019 - 17:20 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Prefeitura celebra Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência com o projeto Acessibilidade Carioca
Acessibilidade Carioca

Inclusão e cidadania são as palavras de ordem do projeto Acessibilidade Carioca, que tomará o Posto 2 da praia de Copacabana, no próximo sábado, dia 21. A data marca o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência e a Prefeitura do Rio de Janeiro, por intermédio da SMDT e da Secretaria de Saúde (SMS), quer estimular a ida de deficientes às praias cariocas. O Acessibilidade Carioca terá ações de promoção da saúde, atividades físicas, culturais, pedagógicas, socioeducativas e sustentabilidade.

Todas as atividades do evento serão desenvolvidas na areia e incluem práticas para cadeirantes com bolas e acessórios, banho de mar – que será feito auxilio de cadeiras de rodas anfíbias – oficinas de artesanato – Fazendo Arte na Praia, um circuito Sensoriomotor para crianças de todas as idades e uma tenda com assistentes sociais, que irão tirar dúvidas sobre direitos das pessoas com deficiência. A Guarda Municipal  vai atuar com 15 guardas na areia e nos principais pontos de acesso ao evento, que contará ainda com apresentação da Banda de Música e da equipe de atividades lúdicas do Grupamento de Ronda Escolar, que levará os bonecos Linda e Justo para interagir com a população.

“As pessoas com deficiência são motivadas a lutarem por uma sociedade inclusiva, esse evento mostra que é possível, através de políticas públicas, o deficiente ter acesso à praia, cultura, educação, saúde. Essa é uma data muito importante, de forma que, garante a integração da pessoa com deficiência na sociedade de maneira igualitária e sem preconceitos.” – ressaltou o Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência, Marco San.

O objetivo da SMDT é tornar o projeto Acessibilidade Carioca uma política pública da prefeitura municipal, com o intuito de tornar as praias da cidade acessíveis às pessoas com deficiência.

 

SMS orientando e divertindo

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) vai atuar no Acessibilidade Carioca com a Academia Carioca, o RAP da Saúde e com diversos profissionais de saúde dando orientações diversas, como a prevenção das Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Os objetivos das atividades proporcionadas são promover o respeito e a valorização das pessoas com deficiência pelo convívio e de experiências de conscientização.

 

Programa Academia Carioca

Serão cinco tipos de atividades durante o evento: atividades sensoriais e motoras, circuito de prevenção de quedas, circuito funcional, dança adaptada e capoeira adaptada.

  • Atividades sensoriais e motoras – Os participantes serão privados de algum de seus sentidos (visão, audição ou fala) ou de algum movimento do corpo (membros superiores e/ou inferiores), com a finalidade de cumprir alguma atividade, individualmente ou em duplas. Essas atividades farão com que os participantes vivenciem a experiência e as dificuldades enfrentadas pela pessoa com deficiência, motora ou sensorial.
  • Circuito de prevenção de quedas – Estações que estimulam o participante a utilizar o seu equilíbrio de forma desafiadora (traves de equilíbrio, deslocamentos em uma só perna, caminhadas com olhos vendados, trilhas em “zig-zag”, exercícios de equilíbrio estático e dinâmico e desvio de obstáculos).
  • Circuito funcional – Os profissionais de educação física do Programa Academia Carioca estarão distribuídos pelas estações para orientar e ajudar aos participantes na execução dos exercícios propostos.
  • Dança adaptada – Atividades rítmicas, não coreografadas, com movimentos simples e adaptados, para que qualquer pessoa possa participar, favorecendo a inclusão.
  • Capoeira adaptada – Com os usuários em roda, será conduzida uma roda de Capoeira, onde serão realizados movimentos adaptados desta arte e cantos característicos.

O evento contará também com apresentação do Coral Smile Train. O grupo é formado por pacientes nascidos com fissura de palato, que, devido a malformação, apresentam dificuldades na fala, como a voz nasalada. Selecionados entre crianças e adolescentes assíduos no tratamento fonoaudiológico, além de suas mães, os participantes usam a música para desenvolver a fala e também para contornar barreiras como a timidez e a baixa autoestima.

 

RAP da Saúde

  • Orientação e exposição educativa relacionada à cultura surda – Exposição de conceitos breves e exemplos: alfabeto, nomes de alguns alimentos e outros termos em Libras.
  • Abordagem educativa – Abordagem sobre outros temas em saúde ao público transeunte no entorno do local onde ocorrerá a ação. Haverá distribuição de material educativo, preservativos masculinos, orientações em saúde e mobilização para o evento.

 

ACESSIBILIDADE CARIOCA – EVENTO ABERTO AO PÚBLICO

Serviço:

Data: 21/09/2019

Horário: 9h às 13h

Local: Praia de Copacabana – Posto 2 – em frente a Rua Rodolfo Dantas (saída da Estação Cardeal Arcoverde do Metrô)

 

Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

Categoria: Saúde

20 de setembro de 2019