Parede da Vitória mostra aos profissionais do Hospital de Campanha  quantas vidas já salvaram

Publicado em 06/06/2020 - 11:13 | Atualizado
Mosaico com fotos dos pacientes na hora da alta é estímulo e reconhecimento para a equipe.- Foto: Divulgação/RioSaúde

Uma parede está emocionando os profissionais que atuam no Hospital de Campanha da Prefeitura (HCamp), no Riocentro. Isso mesmo, uma parede. Mas uma muito especial. É a Parede da Vitória, onde foi montado um mural com um mosaico de fotos dos pacientes que tiveram alta da unidade, após vencer a fase crítica da covid-19.

Desde que foi inaugurado, no dia 1º de maio, até esta sexta-feira, 05/06, o HCamp já internou 442 pessoas e deu alta a 228 (51,6%), números que ganham rostos e lembranças felizes para cada um dos médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem, fisioterapeutas, maqueiros, administrativos e tantos outros que, direta ou indiretamente, contribuíram para a vitória daqueles pacientes contra o coronavírus.

“Não há nada mais gratificante do que o sentimento de ter salvado tantas vidas. Ver esses rostos estampados no mural, transformando números em pessoas, torna isso muito mais especial. A Parede da Vitória é para dar aos profissionais a certeza de que todo comprometimento, e por vezes sacrifício, valeram a pena”, explica Eneida Reis, diretora executiva assistencial da RioSaúde, empresa pública gestora do Hospital de Campanha da Prefeitura.

Os pacientes, normalmente, saem um de cada vez e, como o trabalho é intenso no Hospital de Campanha, nem sempre os profissionais conseguem contabilizar o tanto de vidas que salvaram. Os números estão nos registros da unidade, mas sozinhos também são muito frios. Daí surgiu a ideia de montar o painel, com as fotos que são tiradas sempre no momento da alta, quando o paciente é entregue para a família e recebe o Certificado: Eu venci a Covid-19. É uma ação motivacional para os profissionais e, não por acaso, sobre o mosaico de fotos uma faixa deixa claro: “Essa vitória é de todos nós”.

“É uma forma de agradecermos a todos os profissionais do HCamp pelo empenho e comprometimento no cuidar de nossos pacientes. Todos nós contribuímos para essas altas, partilhando vida, auxiliando no restabelecimento da saúde. Sabemos da importância de cada colaborador e valorizamos sua contribuição nessa pandemia e para esse resultado. São todos heróis”, diz o superintendente de enfermagem do HCamp, Josiel Moreira.

O painel começou a ser montado esta semana, com as fotos das altas de maio, e continuará crescendo a cada dia, com novos registros dos pacientes que deixam a unidade. De imediato chamou a atenção e emocionou a muitos dos que trabalham no HCamp, que passaram a procurar e identificar no mosaico os pacientes de quem cuidaram em seus respectivos setores. A Parede da Vitória fica fora da área assistencial, em uma das principais entradas do pavilhão 3, justamente no caminho do refeitório, onde, no momento de suas folgas, os profissionais podem parar para contemplar, merecidamente, o resultado de seu esforço.

“Podem colocar todas as altas que tiverem. É estimulante pra gente. Às vezes pegamos um paciente tão ruinzinho, tão debilitado, e vemos ele se recuperando. No outro plantão, ele já está saindo. Todas as vezes que eu levei um paciente de alta, na saída do hospital, eu chorei de emoção”, contou a técnica de enfermagem Thalita Silva, mais uma vez emocionada.

A também técnica de enfermagem Brenda Silvestre, depois de, com as amigas de enfermaria, encontrar vários de seus pacientes no mural, aprovou a iniciativa e contou seu desejo agora: “Se Deus quiser, a gente vai lotar isso aí de fotos, vai faltar parede!”