Oferta de videolaringoscopia aumenta e esvazia fila do SISREG

Publicado em 12/07/2019 - 21:35 | Atualizado em 13/07/2019 - 14:39
  • Início/
  • /
  • Oferta de videolaringoscopia aumenta e esvazia fila do SISREG

Excelente notícia! Com muito trabalho, a Prefeitura do Rio agendou pela rede SUS no município, de janeiro de 2018 a maio de 2019, 3.077 exames de videolaringoscopia e, na data de hoje (12/7), a fila para o procedimento no Sistema de Regulação do município (SISREG) está totalmente atendida pela oferta existente. No momento, há 55 pacientes do município do Rio de Janeiro aguardando a avaliação das solicitações e existem vagas disponíveis no sistema para atendimento ate 31 de julho.

Em fevereiro de 2018, havia 947 pacientes aguardando a marcação de videolaringoscopia, mas a oferta era de apenas 70 vagas ao mês, por unidades universitárias e federais. A perspectiva de atendimento era de 7% da demanda existente do município. Hoje, em todo o estado do Rio de Janeiro, o sistema registra 599 pacientes aguardando o exame, com uma oferta global de 326 vagas (para munícipes da Capital e também de outras cidades). Analisando a relação oferta x vaga, a rede é capaz de atender 54% da demanda hoje existente.

O aumento de oferta de exames ocorreu no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (HUGG), da UniRio, uma das unidades contratualizadas pela Secretaria Municipal de Saúde, que realizou 2.062 exames no período. No município do Rio, a videolaringoscopia é realizada pelo SUS nos hospitais federais da Lagoa e dos Servidores do Estado e no Hospital Universitário Pedro Ernesto (HUPE), da UERJ. Em janeiro deste ano, também o Hospital Federal do Andaraí passou a ofertar o exame, o que aumentou a produção. Todas as vagas para a laringoscopia são ofertadas pelo SISREG.

 

Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

Categoria: Saúde

12 de julho de 2019