Hospital da Piedade recebe Doutores da Alegria depois de dois anos

Publicado em 28/04/2022 - 12:51 | Atualizado
O palhaço Gracinha trouxe alegria para os pacientes no Hospital da Piedade - Divulgação

O silêncio no auditório do Hospital Municipal da Piedade (HMP) deu lugar a um barulho não ouvido há mais de dois anos pela unidade. Isso porque o local virou palco para apresentação dos Doutores da Alegria na manhã desta quarta-feira (27/4), o que não ocorria desde 2020 em decorrência da pandemia de Covid-19. No momento do espetáculo Kê Gracinha, apresentado pelo palhaço Gracinha, era perceptível a mudança no olhar, além das gargalhadas espontâneas dos pacientes, profissionais e acompanhantes que assistiam animados ao evento.

 

– O tratamento dos pacientes não se resume apenas aos remédios e ao cuidado essencial. A alegria e a vontade de viver são essenciais na recuperação. Trazer espetáculos como este para dentro do ambiente hospitalar, além de proporcionar acesso à cultura, faz com que os pacientes se sintam mais vivos e próximos de casa – explicou o diretor geral da unidade, Antônio Araújo.

 

A apresentação contou com números de mágica, malabarismo, palhaçaria e, claro, muita brincadeira com os participantes. O ator responsável por dar vida ao palhaço Gracinha, Renato Garcia, falou sobre a alegria de estar de volta aos hospitais.

 

– O espetáculo Kê Gracinha está completando 10 anos de história e estar no projeto Plateias Hospitalares é uma maneira de comemorar a minha trajetória. Voltar depois de uma pandemia, em que tudo parou, trazendo a potência do riso e o bem-estar é muito importante para os hospitais que recebem nosso projeto – declarou.

 

Emocionada, a acompanhante de uma paciente do Hospital da Piedade falou como foi contemplar a iniciativa.

 

– Para mim, é sempre uma emoção muito grande, pois eu cresci na idade, mas continuo criança. Eu sei como criança gosta desse tipo de brincadeira – disse Cleusa Maria, de 70 anos.

 

O projeto Doutores da Alegria retornou aos hospitais após dois anos sem atividades presenciais no Rio de Janeiro.  O Plateias Hospitalares foi criado em 2009 pelos Doutores da Alegria com objetivo de promover o acesso à cultura por meio de uma programação voltada a pacientes adultos e idosos, crianças e comunidades do entorno de hospitais públicos do estado do Rio de Janeiro.

  • 28 de abril de 2022
  • Skip to content