Comunicado importante

Publicado em 22/06/2019 - 21:21 | Atualizado
A equipe da unidade de saúde carioca tocou virtualmente o sino de abertura, às 10h26, pelo horário de Brasília. Foto: Mariana Ramos

Neste sábado, os telejornais RJTV1 e RJTV2,  da TV Globo, noticiaram o caso de um adolescente de 13 anos internado no Hospital Municipal Miguel Couto, uma das maiores emergências da cidade e de reconhecida competência. A reportagem informou que ele precisava de uma transferência, mas, sobretudo no RJTV2, deu apenas uma parte da resposta da Secretaria Municipal de Saúde, que na íntegra mostra todo atendimento que o menor está recebendo no Miguel Couto.

Como explica a nota da Secretaria Municipal de Saúde ma íntegra:

– O paciente C.H.S.A.L. foi levado ao Hospital Municipal Miguel Couto (HMMC) em 7 de junho por uma ambulância do PAM Édem, de São João de Meriti, quando foi informado que estava internado naquela unidade desde o dia 1°.

– As informações passadas pela mãe foram de que, quando foi levado ao PAM Édem, no dia 1°, o filho apresentava os sintomas havia 20 dias. O relato da mãe tambem deu indicações que apontam para um possível problema crônico que o adolescente sofre desde pequeno.

– O paciente foi então admitido no HMMC pela Cirurgia Geral e pela Pediatria, para investigação diagnóstica e tratamento dos sintomas.

– Está sob terapia com antibióticos, como indicado para o caso, nutrição parenteral, além de ter realizado uma série de exames. O próximo será uma retossigmoidoscopia, já agendado para o dia 25.

– Embora esteja assistido e recebendo os cuidados indicados, como os exames realizados até o momento não foram conclusivos, foi solicitada transferência para unidade especializada em gastroenterologia pediátrica, para investigação de uma possível doença gastrointestinal, tendo em vista o relato da mãe de o menino apresentar alguns sintomas desde pequeno, porém sem acompanhamento.

– O paciente já está inserido no Sistema de Regulação e será transferido assim que houver disponibilidade de vaga em unidade especializada.

– A direção do Hospital Municipal Miguel Couto  está à disposição da família para mais esclarecimentos.

Categoria: Saúde

22 de junho de 2019