Campanha do Miguel Couto coleta 71 bolsas de sangue

Publicado em 06/12/2019 - 17:45 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Campanha do Miguel Couto coleta 71 bolsas de sangue
Doação de sangue no Miguel CoutoFoi a terceira edição da ação realizada este ano pelo hospital da rede municipal. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

O Hospital Municipal Miguel Couto (HMMC) promoveu nesta sexta-feira, 6 de dezembro, mais uma edição da campanha “Doe Sangue, cada doação salva até quatro vidas”. Foi a terceira edição da ação este ano pela unidade. A parceria com o Hemorio tem como objetivo aumentar o estoque de sangue no fim do ano, quando, devido às festas de férias, a presença de doadores reduz, mas os acidentes e a demanda por sangue aumenta. Ao todo, compareceram 104 pessoas interessadas em doar e 71 bolsas de sangue foram coletadas, o que pode salvar até 284 vidas.

“São feitas três campanhas de doação por ano no Miguel Couto. A campanha em dezembro é importante por conta da alta demanda de pacientes que precisam de sangue no final do ano. Com o período de festas e viagens, as doações diminuem, enquanto o número de pessoas acidentadas e de cirurgias aumenta”, explica o diretor do HMMC, Cristiano Chame.

Doação de sangue do Hospital Municipal Miguel Couto
Diretor do hospital, Dr. Cristiano Chame, comenta a importância da campanha durante as festas de fim de ano. Foto: Mariana Ramos / Prefeitura do Rio

Hélio Andrade, doador há cerca de 20 anos, conta que já precisou de bolsa de sangue quando sofreu um acidente de trânsito, o que o fez perceber a importância das doações. Agora, sempre que pode, comparece às campanhas:

“Eu acho muito importante, poderia ter mais postos de coletas. Normalmente, eu e minha esposa doamos de três em três meses, mas eu decidi vir novamente.”

Para Douglas Camilo da Silva, que doou sangue pela primeira vez, o incentivo foi a necessidade de um colega, que está internado e precisou de sangue devido a uma doença. Agora ele diz perceber a importância da doação para ajudar quem precisa, e promete voltar a doar.

Doar sangue é seguro e rápido. O voluntário passa por uma pré-triagem, para verificar se está apto à doação. São coletados até 450 ml de sangue, que são armazenados em uma bolsa produzida com materiais e soluções que permitem a preservação do material. Os homens podem doar a cada 60 dias, sendo no máximo quatro vezes ao ano. Já as mulheres podem doar a cada 90 dias, no máximo três vezes ao ano.

Além das campanhas realizadas nos hospitais de emergência, quem tiver interesse em doar sangue pode, a qualquer dia, procurar o Hemorio, localizado na Rua Frei Caneca, 8, no Centro do Rio, diariamente, incluindo fins de semana e feriados, das 7h às 18 h.

 

Fique por dentro de tudo o que acontece na Secretaria Municipal de Saúde do Rio e nos siga nas redes sociais!

   

  • 6 de dezembro de 2019