Secretaria Municipal da Saúde participa do lançamento da Campanha Nacional de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis

Publicado em 08/02/2020 - 15:12 | Atualizado em 09/02/2020 - 11:27
  • Início/
  • /
  • Secretaria Municipal da Saúde participa do lançamento da Campanha Nacional de Prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis

A Clínica da Família Rinaldo De Lamare, na Rocinha, foi o lugar escolhido pelo Ministério da Saúde para o lançamento oficial da campanha nacional de prevenção às Infecções Sexualmente Transmissíveis (ISTs). Na manhã deste sábado (8), o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, e a secretária municipal de Saúde do Rio de Janeiro, Beatriz Busch, conversaram com jovens de organizações não governamentais e lideranças comunitárias sobre a necessidade do uso da camisinha durante as relações sexuais. Os jovens também foram convocados para difundirem ao máximo os métodos de prevenção e os perigos da falta de cuidado.
“Abir mão do uso do preservativo nas relações sexuais expõe a pessoa e os parceiros com quem ela se relaciona às ISTs, incluindo o HIV, que não tem cura. Converse sobre HIV e essas outras doenças com sua família e seus amigos. Estamos entregando essa campanha simbolicamente a vocês aqui hoje, para que seja de domínio público e o jovem diga ‘isso aqui está na minha agenda agora’”, disse o ministro Luiz Henrique Mandetta.
A secretária municipal de Saúde do Rio, Beatriz Busch, convocou os jovens para se engajarem. “Vocês foram escolhidos para que isso tudo se espalhe pela Rocinha, pela cidade do Rio, pelo estado do Rio de Janeiro e pelo Brasil. Hoje vocês estão dividindo conosco a responsabilidade desta tarefa. Então vamos usar camisinha, mas vamos também ensinar às pessoas o porquê, vamos ensinar a fórmula de prevenção para ninguém mais esquecer”.
Com o slogan “Usar camisinha é uma responsa de todos”, a campanha do Ministério da Saúde tem como objetivo mobilizar os jovens com idade entre 15 e 29 anos para uma mudança de comportamento, reforçando o uso do preservativo para evitar doenças como sífilis, herpes genital, gonorreia, HPV e o HIV/Aids, todas transmitidas pelo contato sexual.
Em 2020, o Ministério da Saúde vai distribuir 570 milhões de camisinhas em todo o Brasil, número 12% maior do que em 2019. Somente no Carnaval serão distribuídos 128,6 milhões de preservativos e géis lubrificantes para proteger os foliões contra as ISTs.
Campanha contra o sarampo
Após o lançamento da campanha de prevenção às ISTs, o ministro da Saúde e sua filha, Marina Mandetta, visitaram a tenda de vacinação contra o sarampo instalada pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS) em frente à Clínica da Família Rinaldo De Lamare. Marina, 27 anos, se vacinou no local.
A campanha contra o sarampo da SMS é voltada para imunização de pessoas com idade entre 6 meses e 59 anos. Desde o início, em 13 de janeiro, já foram vacinadas mais de 125 mil pessoas nas 233 unidades municipais (clínicas da família e centros municipais de saúde) e em postos extras montados em todo o município do Rio de Janeiro.

  • 8 de fevereiro de 2020