Prefeitura, em ações na Zona Oeste, orienta moradores sobre prevenção ao coronavírus

Publicado em 15/03/2020 - 18:57 | Atualizado
A Praça McGregor, na Freguesia, totalmente reformada e que recebeu elogios dos moradores. Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, orientou os moradores em regiões da Zona Oeste, onde cumpriu agendas neste domingo (15/03), sobre como agir para evitar o contágio do coronavírus e garantiu que a rede municipal está preparada para enfrentar a situação. Crivella inaugurou uma praça totalmente reformada na Freguesia; vistoriou obras de melhoria em uma área de lazer na Cidade de Deus; e também foi à comunidade do Barata, em Realengo, onde órgãos municipais trabalham para recuperar a localidade, castigada pelas fortes chuvas de duas semanas atrás.

– A rede de saúde do Rio de Janeiro tem médicos e enfermeiros espetaculares. E recentemente investimos R$ 370 milhões na nossa rede, compramos 66 carrinhos de anestesia, 27 tomógrafos. Tínhamos antes cinco velhos. Só de respiradores, compramos 800. Estamos com um parque tecnológico que nunca tivemos. Estamos preparados, sim. Continuamos gastando 25% de nossa receita corrente líquida em saúde, e a lei manda gastar 15%. Se a gente tiver cuidados para evitar aglomerações e contágios, vamos passar por essa pandemia de maneira excelente – afirmou Crivella

Com reforma, praça volta a ser frequentada

 A Praça McGregor, na Freguesia, recebeu novo piso, brinquedos, mesas de jogos e bancos, além de iluminação e gradil. No total, foram R$ 50 mil de investimentos públicos voltados ao lazer, às atividades esportivas e ao direto à cidade. Na inauguração, o prefeito disse que o próximo passo será criar no local um espaço destinado à terceira idade:

– A Prefeitura conseguiu realizar esta obra em um momento de crise e tenho a impressão que os moradores ficaram muito satisfeitos. Ficou faltando só uma academia da terceira idade para as pessoas se exercitarem – afirmou Crivella.

Para a dentista Vania Capettini, de 48 anos, a obra da Prefeitura mudou o perfil de uso do local, que antes estava esquecido. Integrante de um grupo de corredores do bairro, ela agradeceu ao prefeito por ter atendido a uma reivindicação da população:

– Isso era apenas uma rotatória e hoje é uma praça. Hoje, a praça tem piso, as árvores estão sempre podadas, tem sempre uma equipe da Comlurb fazendo a limpeza da praça, e a gente consegue hoje ter uma ocupação de toda a população do bairro e acho que até de outros. Eu nunca vi tanta criança aqui na praça depois que ela ficou pronta.  Tornou-se um ambiente muito agradável – comemorou Vania.

Investimento de R$ 324 mil em área de lazer na Cidade de Deus

Na Cidade de Deus, com a colocação de 1.125 metros quadrados de grama sintética, cerca de mil famílias da comunidade vão poder contar com área de lazer renovada na região. Além da grama sintética, o campo de futebol terá ainda suas arquibancadas reformadas, assim como os vestiários e os banheiros do local. A reforma recebeu investimentos de R$ 324.000,00, com previsão de entrega na primeira semana de abril.

O campo de futebol na Cidade de Deus que será reformado pela Prefeitura. Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Os moradores da Cidade de Deus também tiveram outra vitória: para melhorar a travessia de pedestres na comunidade, a Prefeitura do Rio está construindo uma passarela na região conhecida como Karatê. A obra tem prazo de 120 dias.

Prefeito luta por recursos para executar projeto que eliminará riscos de enchentes no Barata

Na região do Barata, Crivella assegurou aos moradores que as obras de recuperação vão continuar. O trabalho emergencial dos órgãos da Prefeitura já resultou na retirada de 17 veículos levados pela enchente para o leito do Rio Piraquara. Foi iniciada esta semana a recuperação da infraestrutura local, com a pavimentação das vias afetadas, a dragagem do canal e a recuperação de uma ponte, entre outras intervenções que deverão durar pelo menos um mês:

– Nosso compromisso aqui é deixar o bairro todo arrumado, as árvores plantadas, essas ruas levadas e limpas, os buracos tapados. O bairro vai ficar muito melhor do que esteve antes – afirmou Crivella.

Equipamento da Prefeitura já é usado para dragar rio na localidade do Barata. Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

O prefeito frisou que levara ao governo federal, antes das últimas chuvas, um projeto orçado em R$ 80 milhões para a construção de um reservatório no maciço da Pedra Branca, o que acabaria de vez com a ameaça de trombas d’água, como a ocorrida há duas semanas.

– Espero que, com a gravidade do que ocorreu, esses recursos sejam liberados. Há três anos, já tínhamos ido a Brasília apresentar o projeto. E voltamos lá esta semana: “olha, vocês não deram, olha a confusão que deu” – afirmou Crivella.

 

Coronavírus: Prefeitura anuncia medidas de prevenção na cidade contra a doença