Guarda Municipal resgata menina de 5 anos em alagamento no Jardim Botânico

Publicado em 09/04/2019 - 18:36 | Atualizado em 09/04/2019 - 21:36
Guarda municipal resgata menina em alagamento no Jardim BotânicoGuarda municipal resgata menina em alagamento no Jardim Botânico: reprodução de TV

Há apenas um mês e meio na corporação, o recém-contratado guarda municipal Raphael da Silva Duarte, 34 anos, do Grupamento de Operações Especiais (GOE), enfrentou nesta terça-feira, 9, uma missão nada fácil: o resgate de cerca de 35 pessoas que ficaram ilhadas no Jardim Botânico, na Zona Sul. Entre elas, estava uma família de seis pessoas, que tentou atravessar a Rua Jardim Botânico dentro de um carro, após o nível da água ter baixado um pouco. Foi surpreendida pela subida repentina da correnteza, que provocou o enguiço do veículo.

– Informados por outro motorista, nós fomos socorrer a família. Havia duas meninas, de 5 e 12 anos, e a menor estava muito assustada. Quando a peguei no colo e comecei a carregar no meio do alagamento, ela perguntou: “Foi você quem veio me salvar?” – contou Raphael, emocionado, dizendo que na hora logo lembrou dos dois filhos, de 10 e 11 anos. Com água nos joelhos, ele andou cerca de 50 metros com a menina nos braços, até deixá-la num local seguro.

Um outro carro foi até o local e resgatou o restante da família.

A atriz Paula Burlamaqui também contou com a ajuda do GOE, no Jardim Botânico, um dos bairros mais castigados pelo forte temporal. Ela foi transportada com outras pessoas na viatura do grupamento para um local seguro.

As equipes da GM-Rio seguem atuando em toda as regiões da cidade, com foco no auxílio aos cidadãos e também nas ações de trânsito e apoio a demais órgãos da Prefeitura para minimizar os impactos das fortes chuvas que atingem a cidade desde a noite de segunda, dia 8. Nesta terça, guardas da 14ª Inspetoria (Santa Cruz) resgataram uma idosa de 90 anos, cuja residência, localizada na Estrada da Esperança, no bairro da Zona Oeste, foi inundada. Ela foi transportada na viatura até a residência de seu filho.

Ao todo, as equipes da GM já realizaram o transporte de cerca de 150 pessoas em pontos de alagamentos nas Zonas Sul e Oeste levando para locais seguros ou até as próprias residências. Desse total, 56 ficaram abrigados na base da UOP-Leblon, passando a noite nas dependências da unidade até poderem retornar para casa em segurança. O auxílio incluiu uma van escolar com crianças, que em seguida foram resgatadas pelos pais.

  • 9 de abril de 2019