Prefeitura faz reforma completa em moradias assistidas para pessoas com deficiência

Publicado em 06/04/2019 - 15:07 | Atualizado em 08/04/2019 - 17:21
Fachada de uma das Moradias Assistidas para pessoas com deficiência reformdas pela Prefeitura do RioFachada de uma das Moradias Assistidas para pessoas com deficiência reformdas pela Prefeitura do Rio - Paulo Sérgio/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, inaugurou neste sábado, 6 de abril, as cinco Moradias Assistidas onde vivem pessoas com deficiência acolhidas pelo município. As residências, em Campo Grande, na Zona Oeste, foram completamente reformadas e abrigam, no total, 55 moradores, muitos deles esquecidos por suas famílias e que necessitam de cuidados especiais.

– São pessoas muitas vezes esquecidas e ignoradas em suas dores, e é por elas que temos que fazer. A obra foi muito mais do que cimento, areia e pedra. Foi feita com amor – afirmou Crivella, que fez as visitas acompanhado da primeira-dama, Sylvia Jane.

Aline Braga, 27 anos, vive na Moradia Assistida IV, a Herivelto Martins. Com paralisia cerebral, ela era cuidada por um dos oito irmãos (o único que conhece), que, no entanto, a agredia. Em 2011, Aline buscou acolhimento no programa da Prefeitura. Desde então, sua vida mudou. Artista plástica, ela pinta quadros abstratos usando a boca, pois não tem movimentos nos braços. Já vendeu sua arte até para Londres, na Inglaterra. Os cuidadores, diz ela, são seus anjos da guarda.

– Aqui é verdadeiramente um lar. Os cuidadores fazem o que nenhum familiar fazia. E agora, com as casas reformadas, está tudo ainda melhor. O novo jardim me inspira a pintar – contou Aline, que presenteou Crivella com uma de suas obras.

Numa das Moradias Assistidas para pessoas com deficiência, Aline Braga presenteia o prefeito Marcelo Crivella com um dos quadros que pinta
Numa das Moradias Assistidas para pessoas com deficiência, Aline Braga presenteia o prefeito Marcelo Crivella com um dos quadros que pinta -Paulo Sérgio/Prefeitura do Rio

Mudanças facilitam moradores e cuidadores

Fernanda Barros, 46 anos, é cuidadora. A educadora social descreveu o quanto a reforma das cinco casas melhorou a rotina de quem trabalha e de quem reside nelas.

– Rampas, piso, corredores, banheiros. Ficou tudo mais funcional – comemora.

A reforma custou R$ 1,2 milhão e durou quatro meses. Foram feitos os seguintes serviços:

• Substituições nas telhas;

• Reconstrução da laje;

• Reparação total dos banheiros (com especial atenção às unidades acessíveis de uso dos moradores);

• Pintura interna, externa e de muros;

• Verificação e limpeza dos aparelhos de ar condicionados;

• Colocação de novos ventiladores de parede e novas luminárias;

• Revisão geral das instalações elétricas;

• Revisão de todo sistema de água e esgoto (incluindo substituição das caixas d’água por novas em fibra);

• Substituição parcial das portas em madeira por ferro e recuperação das mantidas;

• Reparo e reforma de todas as janelas (incluindo colocação de novos vidros e pintura);

• Aplicação de fitas antiderrapantes nas rampas;

• Instalação de novo corrimão de duas alturas nos acessos.

Quarto de uma das moradias assistidas para pessoas com deficiência que a Prefeitura do Rio reformou
Quarto de uma das moradias assistidas para pessoas com deficiência que a Prefeitura do Rio reformou -Paulo Sérgio/Prefeitura do Rio

Mais do que a reforma

As Moradias Assistidas têm como objetivo oferecer proteção e promoção social às pessoas com deficiência, a partir de 18 anos, dependentes de cuidados e auxílio para as atividades da vida diária, com vínculo familiar rompido ou enfraquecido e que não possuem condições de serem reinseridos em sua família de origem ou em sua família substituta. O programa é da Subsecretaria da Pessoa com Deficiência.

– Não é só a reforma das casas. Estamos promovendo mudanças no atendimento também, para melhorar ainda mais as condições dos nossos moradores e lhes dar mais dignidade – informou Geraldo Nogueira, subsecretário da Pessoa com Deficiência.

Relação de Moradias Assistidas

· Moradia Assistida I – Roberto Felisberto

Rua Professor Gonçalves, 76 – Campo Grande – Rio de Janeiro / RJ

· Moradia Assistida II – Diogo Carneiro de Lima

Rua Cabo Moisés de Oliveira, 140 – Campo Grande – Rio de Janeiro / RJ

· Moradia Assistida III – Vitor Damião

Rua Campo Grande, 1580 – Campo Grande – Rio de Janeiro / RJ

· Moradia Assistida IV – Herivelto Martins

Rua Guaraí, 58 – Campo Grande – Rio de Janeiro / RJ.