Prefeitura promove atividades para celebrar o Dia Mundial do Meio Ambiente

Publicado em 05/06/2019 - 19:49 | Atualizado
Criança planta muda de árvore na Barra da TijucaCriança planta muda de árvore na Barra da Tijuca. Foto? Maurício Val/Prefeitura do Rio

O Dia Mundial do Meio Ambiente foi celebrado nesta quarta-feira, 05/06, pela Prefeitura do Rio, com uma série de atividades educativas. Na programação, organizada pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente, teve o lançamento da publicação comemorativa pelos 20 anos do Programa Educativo em Áreas de Reflorestamento (PEAR), no Museu de Arte do Rio (MAR), na Praça Mauá, e a realização de um mutirão de limpeza seguido de plantio de mudas, na Barra da Tijuca.

O PEAR foi criado para dar apoio pedagógico às ações do Projeto Mutirão de Reflorestamento, por meio da atuação dos Agentes Ambientais nas comunidades beneficiadas. Eles fazem diagnósticos socioambientais, pesquisas domiciliares, oficinas de arte-educação e mutirões de limpeza, entre outras ações.

Secretário de Meio Ambiente, Marcelo Queiroz abriu o evento no MAR e falou sobre o lançamento do livro.

– A publicação comemorativa de 20 anos do projeto educativo em áreas de reflorestamento conta a história de transformações que esse trabalho, desenvolvido pelo Centro de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, trouxe para a vida dos agentes ambientais e para a comunidade como um todo. Esse programa nos trouxe reflexões e ensinamentos que mostraram o quanto é importante o diálogo e a interação entre cidadãos e o poder público. A gente quer ajudar a formar indivíduos mais responsáveis com o coletivo e trazer para a nossa vida temas e experiências reais de sustentabilidade, de respeito à biodiversidade, de preocupação com as gerações futuras, enfim, de amor e conexão com a natureza, com o nosso planeta – disse Marcelo Queiroz

O lançamento do PEAR contou com a presença de autoridades, técnicos, gestores de parques e institutos parceiros. Para a diretora do Centro de Educação Ambiental da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Márcia Costa, o dia foi de celebração:

– Hoje foi dia de homenagear quem foi importante nesse processo, um programa ímpar e que transformou vidas ao longo desse tempo. O lançamento da publicação de 20 anos do PEAR vem destacar o trabalho realizado pelos agentes ambientais em áreas de reflorestamento da cidade.

Na Barra da Tijuca, ontem foi dia do mutirão de limpeza “Rio que te quero verde – semeando o futuro“, que agitou o Quiosque do Rico Point, na orla. Os voluntários retiraram resíduos de todo o trecho de areia da praia e ainda plantaram mudas nativas de restinga.

Para o surfista e empresário Rico de Souza, que em 2000 introduziu o primeiro projeto de preservação da vegetação nativa nas praias do Rio de Janeiro, a celebração pelo Dia Mundial do Meio Ambiente foi especial.

– Nós tivemos a oportunidade de levar crianças das comunidades da Zona Oeste e um grupo de idosos de Jacarepaguá para fazer esse replantio de mudas nativas em parceria com a Secretaria do Meio Ambiente e outros grupos que nos apoiam nestas ações – disse Rico de Souza, responsável pelo Programa Rio que te quero verde.

Assessor da Coordenadoria das Unidades de Conservação, Delzio James ressalta que os objetivos do evento na Barra são alinhados com as práticas do município: educação ambiental dos jovens e recomposição da vegetação de restinga, vital para estabilização costeira e habitat de flora e fauna ameaçadas.

As comemorações pela Semana do Meio Ambiente prosseguem. No sábado haverá um grande abraço nas praias da Barra e do Recreio dos bandeirantes. São esperados 18 mil voluntários para um mutirão que celebrará o Dia Mundial dos Oceanos.