Seop remove mais de 50 estruturas irregulares na Mangueira e apreende mais de 700m de fios e cobre em Olaria

Publicado em 22/07/2022 - 15:49 | Atualizado
Um muro de aproximadamente 200 metros de extensão foi derrubado pelos agentes - Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) realizou, nesta sexta-feira (22/7), mais uma operação de remoção de estruturas irregulares, desta vez na Avenida Visconde de Niterói, na subida da comunidade da Mangueira. Trata-se da retirada de 51 estruturas em madeiras e tapumes construídas de forma precária, sem as mínimas condições de segurança e higiene. O local era um antigo quartel do Exército Brasileiro que foi transformado em área pública e estava sendo usado como depósito de materiais de construções e reduto de usuários de drogas.

Também foi derrubado um muro de aproximadamente 200 metros de extensão, além de um cercado em arame de 57 metros, que delimitava uma área destinada a pasto para cavalos, e uma construção em alvenaria de 21 metros quadrados. A Comlurb retirou 158 toneladas de entulho e a Secretaria de Assistência Social realizou três acolhimentos.

 

– Ontem nós já havíamos realizado uma grande operação para desocupar o espaço público na Leopoldo Bulhões, onde removemos 72 estruturas. Hoje, a Seop fez uma outra ação, agora na Avenida Visconde de Niterói, na subida da comunidade da Mangueira, onde retiramos 51 estruturas em madeiras e tapumes. Tudo erguido de forma muito precária, ocupando indevidamente o espaço público. Isso mostra que a Prefeitura não vai tolerar a ocupação indevida de áreas do município – afirmou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

 

Também participaram da operação a Subprefeitura do Centro, Secretaria de Conservação, Guarda Municipal, Light, Águas do Rio, Rioluz e a Polícia Militar.

Apreensão de 700 kg de fios e cobre em ferro-velho irregular

Em outra operação, também nesta sexta-feira, agentes da Seop apreenderam mais de 700 quilos de fios e cobre sem procedência em um ferro-velho irregular, na Rua Paranhos, em Olaria. Foi encontrada uma ligação clandestina de água. O estabelecimento foi interditado pela Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização.

 

– Hoje fizemos mais uma operação de fiscalização em ferro-velhos e conseguimos apreender fios de cobre sem procedência, que muitas vezes são furtados e são fruto de depredação do patrimônio público. Ontem, em Paciência, fizemos uma grande apreensão de mais de três toneladas de fios e cobre, totalizando cerca de sete toneladas desde o início de 2022. Seguiremos realizando essas ações para combater esse tipo de ilegalidade – declarou Carnevale.

  • 22 de julho de 2022
  • Skip to content