Prefeitura realiza demolição de 13 construções irregulares na Cidade de Deus

Publicado em 06/05/2022 - 11:49 | Atualizado em 07/05/2022 - 19:34
Estruturas serviam como ponto de mototáxi, lava-jato, oficinas mecânicas e pequenos comércios - Divulgação

A Secretaria de Ordem Pública (Seop) e a Subprefeitura de Jacarepaguá realizaram a demolição de 13 construções irregulares, na manhã desta sexta-feira (6/5), na Estrada do Gabinal, na Cidade de Deus. Entre elas, algumas estruturas que serviam como ponto de mototáxi, lava-jato, oficinas mecânicas com telhados e estruturas metálicas, além de boxes e quiosques utilizados como pequenos comércios, todos erguidos irregularmente em área pública. Foram encontradas também duas ligações clandestinas de água.

 

– Essas construções às margens da Cidade de Deus são irregulares, uma vez que foram erguidas sem autorização em área pública. O objetivo dessas ações é garantir o espaço público para o cidadão, retomar a ordem pública, preservar a vida das pessoas e, naquilo que compete ao município, asfixiar financeiramente o crime organizado. Seguiremos firmes realizando as operações de demolição de construções irregulares – destacou o Secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

 

Também participaram da operação a Secretaria de Conservação, Guarda Municipal, Light, Rioluz, Iguá e Comlurb. Desde o início do ano a Seop já realizou mais de 230 demolições de construções irregulares.

 

– As ocupações irregulares em áreas públicas têm sido bastante combatidas por mim, pois além de causarem muitos transtornos para moradores e pedestres, acabam sendo um loteamento clandestino. Hoje foram 150m ao longo da Estrada do Gabinal de vagas com cobertura e alvenaria que eram alugadas, lava-jatos e um ferro-velho clandestino. O sujeito aluga um espaço público como se dele fosse e isso eu não vou permitir de jeito nenhum. No Rio de Janeiro aquilo que é errado não pode simplesmente virar paisagem – completou a subprefeita de Jacarepaguá, Talita Galhardo.

  • 6 de maio de 2022