Guarda Municipal recebe novos smartphones para ações de fiscalização

Publicado em 22/12/2022 - 11:34 | Atualizado
A tecnologia traz muitos benefícios, e esse sistema vai facilitar e agilizar o trabalho da GM-Rio - Robert Gomes/Prefeitura do Rio

A Guarda Municipal do Rio (GM-Rio) recebeu novos smartphones para emprego nas ações da rotina operacional da instituição, que envolve desde o atendimento aos chamados da Central 1746 até a aplicação de penalidades nas fiscalizações realizadas pelos guardas municipais, como é o caso da coerção à perturbação do sossego. Ao todo são 1.655 novos aparelhos, do modelo Samsung A13, todos já atualizados com aplicativos operacionais, que estão sendo distribuídos gradativamente entre as unidades. A última aquisição de aparelhos realizada pela instituição havia sido em 2015. Os novos telefones já serão empregados na operação especial da GM-Rio para o Réveillon 22/23.

A tecnologia traz muitos benefícios, e esse sistema vai facilitar e agilizar o trabalho da GM-Rio. No caso de um acidente de trânsito, por exemplo, quanto mais cedo o guarda chegar, mais rápido pode auxiliar a vítima e organizar o trânsito na região.

– Essa retomada tecnológica da Guarda é fundamental porque vai trazer melhores condições de trabalho para os agentes e vai aprimorar também a capacidade de supervisionar o serviço prestado. Dessa forma, conseguiremos dar mais respostas e respostas mais rápidas às demandas da população, uma vez que, sabendo a localização exata dos agentes, poderemos colocar nossos efetivos nas áreas mais necessitadas. A tecnologia tem que ser uma aliada da gestão pública e das políticas públicas – destacou o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

A distribuição dos novos aparelhos começou pelas equipes da Coordenadoria de Atendimento ao Cidadão (CAC), que é responsável pela fiscalização da perturbação do sossego, do Lixo Zero e por coibir a evasão nos sistemas de transportes BRT e VLT. Todos os telefones já vem com os aplicativos GMmobile, InfraRio e Lixo Zero para pronto emprego pelos agentes. Além disso, também será permitido o acesso à rede social Whatsapp para comunicação interna com a base e interação nos grupos das unidades operacionais.

– A Guarda Municipal hoje, além das ações de patrulhamento preventivo, desempenha diversas atividades de fiscalização na nossa cidade, com foco no ordenamento urbano. Pela natureza desse tipo de serviço, os aparelhos de telefone celular se tornaram ferramentas essenciais no dia a dia dos guardas. Essa renovação vai trazer muitos benefícios para a rotina operacional, otimizando o atendimento dos nossos agentes – afirmou o comandante da instituição, inspetor geral José Ricardo Soares.

O aplicativo Gmmobile 2.0, que está acoplado ao aparelho, foi criado pela equipe da Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico (DDT) da GM-Rio. Junto com o mapa operacional, esse aplicativo permite o acompanhamento em tempo real via smartphone das ocorrências e também o registro das mais variadas desordens. Quando uma ocorrência chega até a unidade, por solicitação de um órgão ou de um contribuinte, por meio do 1746, a solicitação aparece no mapa operacional e fica pendente. Por meio do programa, pode-se verificar o guarda que está mais perto da ocorrência, por meio do sistema GPS, e deslocá-lo para o local. O mapa operacional ainda permite verificar todas as informações do guarda que está na rua e até mesmo como está o nível de bateria do smartphone dele e o sinal da região onde ele está.

Outra nova funcionalidade do aparelho será o preenchimento online do BDT (Boletim Diário de Transporte), por meio do sistema Viatran 2.0.  Esse sistema trouxe a eliminação do preenchimento do BDT, proporcionando uma economia na utilização de papel. Como o BDT deve ser preenchido a cada deslocamento de viatura, com informações como quilometragem, condutor e destino da missão, eram utilizados diversos papéis desse tipo por todas as unidades operacionais e setores administrativos da GM-Rio, podendo chegar até cerca de mil documentos em um único dia.

O preenchimento das informações é obrigatório, promovendo transparência e segurança tanto para a instituição quanto para os condutores. A substituição do papel pelo meio digital é mais um avanço visando à eficiência e à sustentabilidade.

  • 22 de dezembro de 2022
  • Skip to content