Coronavírus: Seop fiscaliza comércio nas zonas Sul e Oeste neste domingo, 29

Publicado em 29/03/2020 - 13:20 | Atualizado em 30/03/2020 - 10:52

Nesta manhã, duas lojas foram fechadas em Rio das Pedras e um circo orientado a não receber público em Guaratiba

As ações conjuntas da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), para fiscalizar o fechamento obrigatório de parte do comércio na cidade, continuam neste domingo, 29. Em Guaratiba, na Zona Oeste, um circo na Estrada do Magarça foi orientado a não receber o público, a fim de evitar aglomerações, principal medida de combate ao novo coronavírus (Covid-19). Ainda na Zona Oeste, agentes percorrem vias do Recreio dos Bandeirantes, Muzema e Rio das Pedras, onde duas lojas – uma de artigos para celular outra de roupas – foram fechadas. Já em Copacabana, na Zona Sul, três lojas (de departamento, chocolates e biscoitos) fecharam as portas nesta manhã, em cumprimento ao decreto municipal.

O trabalho conta com equipes da Subsecretaria de Operações (Subop) da Seop, da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Fazenda, além do Programa Rio+Seguro Copacabana e Leme. As ações prosseguem ao longo do dia em atendimento a demandas de cidadãos registradas pela Central 1746 (telefone, site ou aplicativo)Até o momento, 674 estabelecimentos comerciais fecharam por orientação dos agentes municipais em toda a cidade.

Balanço de ontem – Neste sábado, 28, a força-tarefa também percorreu diversos pontos das zonas Oeste e Sul. Ao todo, 17 estabelecimentos foram fechados: dois na Praça Secana região de Jacarepaguáque comercializavam produtos naturaie de utilidades domésticas; três bares em Botafogo; e seis lojas em Copacabana, a maioria do setor alimentício e de departamento. A fiscalização também esteve ncomunidade do Terreirão, no Recreio dos Bandeirantes, bem como na orla do bairro, Vila Valqueire, orla da Barra da Tijuca.

Rio+Seguro – Ainda em Copacabana e Leme, equipes dos Rio+Seguro – programa de apoio à segurança pública coordenado pela Seop – também orientaram comerciantes sobre o decreto e cidadãos sobre a importância do isolamento social. Como resultado dessa atuação dos guardas municipais e policiais militares do programa, seis estabelecimentos suspenderam suas atividades, neste sábado: um quiosque, quatro lojas de uma grande empresa do segmento de varejo, e um empório de especiarias e temperos. Os agentes coibiram ainda o comércio ambulante e retiraram uma churrasqueira e acampamento da areia da praia.

A suspensão é por tempo indeterminado. Entre as exceções estão supermercados e hortifrútis; padarias (sem consumo no local); pet shops; lojas de materiais de construção; e postos de combustíveis. Mais informações no link: https://bit.ly/2UkFehX