Ações para coibir aglomerações interditam quatro estabelecimentos e aplicam sete multas

Publicado em 14/02/2021 - 14:03 | Atualizado em 15/02/2021 - 11:45
Ações para coibir aglomerações no período que seria de carnaval - Divulgação/Prefeitura

Da noite de sábado (13/02) até a madrugada deste domingo (14/02), equipes da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), da Guarda Municipal e do Instituto de Vigilância Sanitária, com o apoio da Polícia Militar, percorreram locais com denúncias de eventos na Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Ipanema, Gávea e Lagoa. Equipes da Guarda também atuaram no Leblon, na Tijuca e em outros pontos da cidade.

Ao todo, o Instituto de Vigilância Sanitária inspecionou 11 estabelecimentos, interditou quatro deles (por aglomeração e falta de licenciamento) e aplicou sete multas. Também foram apreendidos pelos fiscais sanitários e acautelados pela Coordenadoria de Controle Urbano (CCU, da Seop) equipamentos de som em três estabelecimentos.

Um dos estabelecimentos interditados foi o Bosque Bar, no Jockey Club, onde os agentes constataram um baile de carnaval com centenas de pessoas. O estabelecimento foi multado e interditado tanto pela Coordenadoria de Licenciamento e Fiscalização (CLF, da Seop) quanto pela Vigilância Sanitária, além de ter equipamento de som apreendido. O público foi dispersado.

Na Barra da Tijuca, a casa noturna Lalu Lounge, na Avenida Armando Lombardi, também promovia aglomeração e foi fechada. Além da interdição cautelar (até as 7h deste domingo) e multa, o local teve equipamento apreendido.

Na região de Jacarepaguá, a fiscalização impediu a realização de duas festas neste domingo:  o “Bailão de 2”, na escolinha do Vasco, conhecida como Vasquinho, na Freguesia, e a festa “Tropa da Mega”, em Curicica.

A festa Tropa, de rap e funk, reunia dezenas de jovens. Foi constatado consumo de bebidas alcoólicas e apreendidas pelos fiscais sanitários 3.706 unidades de cerveja, energético, whisky, gim, água e refrigerante. Os itens foram acautelados pela CCU. No local, também havia venda de ingressos a 10 reais.

Por volta da meia noite, as equipes acabaram com uma festa em Rio das Pedras e autuaram dois bares na Taquara.

Ainda na Zona Oeste, foram constatadas irregularidades e as equipes atuaram para conter aglomerações na Praça Seis, no Recreio dos Bandeirantes. Quatro estabelecimentos (um depósito de bebidas que funcionava como bar e três restaurantes) foram multados, e dois deles interditados. Um food truck que vendia bebidas, sem autorização, também teve as atividades encerradas.

Balanço geral – Desde a sexta-feira, 12, início das ações para combater aglomerações no período que seria do carnaval, já foram feitas 43 inspeções sanitárias, com 25 autos de infração, 14 interdições e sete apreensões de equipamentos de som.

Ambulantes – Na fiscalização do comércio ambulante, agentes da CCU apreenderam, na ação noturna deste sábado, 14 bebidas em garrafas de vidro, na Barra da Tijuca. A venda é proibida pelo Código de Posturas do município para esse tipo de atividade.

Trânsito – Ao longo do sábado, a Coordenadoria Especial de Transporte Complementar (CETC) realizou 17 abordagens a vans e kombis, removendo um veículo pirata. E a Coordenação de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer) removeu, das 7h às 19h, 124 veículos por estacionamento irregular. Os dois órgãos fazem parte da estrutura da Seop.

Informações sobre o plano da Prefeitura contra aglomerações: https://prefeitura.rio/cidade/prefeitura-vai-coibir-aglomeracoes-no-periodo-que-seria-de-carnaval/

GUARDA MUNICIPAL

A Guarda Municipal do Rio atua desde sexta-feira, dia 12, em diversas ações de patrulhamento e de fiscalização na cidade com forças tarefas regionais e nas operações integradas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública. Na Zona Sul, foram registradas 309 ações na região até o momento, sendo 227 multas de trânsito, 32 notificações sanitárias por falta do uso de máscara, aglomeração e 48 ocorrências e auxílios ao público e a outros órgãos.

Na noite de sábado, dia 13, os bares Colinda, Boteco Boa Praça, Brewteco, Ferro Leblon Pizzaria e Marisqueira, que funcionam na Rua Dias Ferreira, foram fiscalizados e notificados por infrações sanitárias. Na Avenida Ataulfo de Paiva, as ações foram concentradas na altura do bar e restaurante Jobi; na Avenida Delfim Moreira, em frente à Rua Venâncio Flores, o Quiosque Geneal foi fiscalizado.

As equipes também fizeram a desobstrução da via pública ao trânsito, na altura da Praça Cazuza, e coibiram irregularidades de trânsito, como o estacionamento em fila dupla cometido por motoristas de táxis. Duas caixas de som foram apreendidas na Rua Dias Ferreira e na Avenida Ataulfo de Paiva. Uma banca de jornal em frente ao bar Jobi teve bebidas apreendidas conforme proibição estabelecida por decreto municipal. Como medida para coibir a aglomeração nas ruas, os agentes utilizam ainda sirenes das viaturas para provocar a saída das pessoas da via pública.

As equipes da Guarda Municipal também atuaram na Praça São Salvador, em Laranjeiras; no Lagoon, na Lagoa Rodrigo de Freitas; rua Duvivier (bar e restaurante Pink Flamingo foi interditado); rua Ronald de Carvalho (Bar do Aldo e Beefs Beer) e rua Aires Saldanha (Baixo Copa e Bar Xexéu), em Copacabana.

Outras equipes ficaram à disposição da Secretaria Municipal de Ordem Pública, atuando nas operações conjuntas em outros pontos da cidade.

  • 14 de fevereiro de 2021