Seu Idalício, um dos servidores mais idosos, é vacinado contra a Covid-19

Publicado em 04/02/2021 - 13:29 | Atualizado em 05/02/2021 - 14:57
  • Início/
  • /
  • Seu Idalício, um dos servidores mais idosos, é vacinado contra a Covid-19
Seu Idalício recebeu a primeira dose da vacina contra a Covid-19 - Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

Um dos servidores municipais mais idosos, o jornalista Idalício de Oliveira, de 93 anos,  tomou a vacina contra a Covid-19, nesta quinta-feira (04/02), no Centro Municipal de Saúde Maria Augusta Estrella, em Vila Isabel. Bem disposto, ele saiu cedo de casa e fez questão de estar entre os primeiros a serem imunizados em sua faixa etária, de acordo com o calendário de vacinação divulgado pela Prefeitura do Rio.

Curioso, o jornalista quis saber qual vacina tinha tomado. A enfermeira informou que foi a AstraZeneca/Oxford e que daqui a três meses ele terá que voltar ao posto para receber a segunda dose. O servidor ficou visivelmente emocionado após ser  imunizado.

 

– A solução para acabar com essa pandemia é vacinação, vacinação, vacinação. Vai ser a vitória definitiva sobre a Covid-19. É uma emoção muito grande, faço uma exortação aos idosos, que não deixem de se vacinar  – convocou Seu Idalício, como é chamado carinhosamente pelos companheiros de trabalho.

 

Seu Idalício ficou visivelmente emocionado após ser imunizado – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

 

O jornalista está, desde março do ano passado, afastado de suas funções por conta da pandemia. Mas não se esquece da rotina, em que sempre madrugou na sede da Prefeitura, sendo o primeiro a chegar à redação. Uma de suas funções é ler o Diário Oficial e “garimpar” as notícias mais relevantes, que depois sempre viram reportagens não só no próprio site da Prefeitura quanto nos principais veículos de imprensa. Páginas e páginas são escritas em sua inseparável máquina de escrever Remington 100.

Seu idalício já atuou como mestre de cerimônias nos principais eventos nas sedes da Prefeitura – Cass e Palácio da Cidade – e também em solenidades externas, como o lançamento da pedra fundamental do Museu do Amanhã. Ele lembra que, na gestão passada de Eduardo Paes, entre 2009 e 2016, o prefeito costumava fazer uma brincadeira.

 

– Ele chegava nos eventos dizendo para todo mundo que eu divulguei as obras do Pereira Passos. Poxa, ele (Pereira Passos) foi prefeito no início do século XX e eu só nasci em 1928 – conta, resignado.

 

Seu Idalício ingressou na Prefeitura em 1977, no governo Marcos Tamoio, o primeiro prefeito do Rio após a fusão da Guanabara com o antigo Estado do Rio de Janeiro. O servidor faz questão de enfatizar que já trabalhou  em 14 administrações, com dez prefeitos diferentes, contando as reeleições. Assim, ele testemunhou os momentos mais marcantes da história do município.

Antes de virar servidor municipal, o  jornalista passou pelos mais importantes veículos de comunicação, entre eles Correio da Manhã, Diário de Notícias, Última Hora, Rádio Roquete Pinto e jornal O Globo. Em 2015, foi condecorado, merecidamente, com a Medalha 1º de Março, por ser considerado um cidadão “carioquíssimo”.

 

Em 2019, no dia do Servidor Público (28 de outubro), Seu Idalício foi homenageado com  uma  placa que dá o seu nome a uma das salas da Assessoria de Comunicação da Prefeitura.

  • 4 de fevereiro de 2021