Inverno começa sem previsão de chuva, com tempo estável e céu claro a parcialmente nublado

Publicado em 20/06/2022 - 20:45 | Atualizado em 20/06/2022 - 20:51
  • Início/
  • /
  • Inverno começa sem previsão de chuva, com tempo estável e céu claro a parcialmente nublado
Favela, comunidade, Cristo RedentorCéu claro na cidade - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

A estação mais fria e seca do ano na cidade do Rio de Janeiro tem início nesta terça-feira (21/06), às 6h14. Segundo o Sistema Alerta Rio, serviço de meteorologia com sede no Centro de Operações Rio (COR), é durante este período que os volumes de chuva diminuem. Nesta época, com a rápida perda de calor durante a madrugada, também é mais comum a ocorrência de névoa/nevoeiro no início do dia.

 

– No inverno, os dias são mais curtos e as noites mais longas, e as temperaturas ficam mais amenas, tanto as máximas como as mínimas, pois há menos radiação solar recebida. Além disso, por ter uma atmosfera mais estável, é uma época favorável à concentração de poluentes – informa a meteorologista do Alerta Rio, Raquel Franco.

 

No primeiro dia do inverno, a previsão é de tempo estável no município, com céu claro a parcialmente nublado e sem chuva. As temperaturas devem variar entre a mínima de 15 graus e a máxima de 30 graus.

Esse cenário se mantém nos primeiros dias do inverno, que seguirão com tempo estável e sem previsão de chuva. Até sexta-feira (24/06) haverá variação da nebulosidade, os ventos estarão fracos a moderados (até 51,9 km/h) e as temperaturas devem subir gradualmente.

 

Menores temperaturas da série histórica

Desde o início da série histórica do Alerta Rio, em 2014, a menor temperatura mínima registrada durante o inverno foi de 9,3 graus em 21 de julho do ano passado. Também em 2021, os termômetros marcaram a segunda menor temperatura da estação, em 31 de julho: 9,6 graus, mesma temperatura registrada em 19 de julho de 2016, todas no Alto da Boa Vista.

O Alerta Rio faz diariamente a previsão do tempo de até quatro dias à frente, sendo atualizada ao longo do dia pelos meteorologistas. Entre as ferramentas que auxiliam o monitoramento feito pelos especialistas está o radar meteorológico do Sumaré, que gera imagens de núcleos de chuva de dois em dois minutos, e as 33 estações pluviométricas, que fornecem dados a cada 15 minutos.

O cidadão pode acompanhar, em tempo real, todas as informações sobre as condições do tempo no perfil do twitter @OperacoesRio e no aplicativo COR.Rio, versões iOS (bit.ly/appcor_ios) e Android (bit.ly/appcor_android).

 

  • 20 de junho de 2022