Guardas municipais prendem homem armado após calote na estação do BRT da Taquara

Publicado em 28/12/2020 - 13:34 | Atualizado

Guardas municipais da Unidade de Resgate de Cidadania e Lixo Zero prenderam um homem de 38 anos na manhã desta segunda-feira, dia 28, armado com um revólver calibre 38, carregado, na estação do BRT da Taquara, na Zona Oeste do Rio. Os guardas realizavam a fiscalização da evasão do pagamento da passagem no sistema BRT, quando viram o homem entrar na estação sem pagar a tarifa.

Durante a abordagem, ele se recusou a fornecer o número do CPF, documento necessário para a aplicação da multa de R$ 170 reais por acessar a estação sem o pagamento da passagem no BRT. Com ele, os guardas encontraram a arma de fogo carregada e com a numeração raspada.  De acordo com os guardas, o homem ainda tentou fugir, mas foi detido e conduzido para a 32 DP (Taquara), onde o caso foi registrado como porte ilegal de armas. Na delegacia também foi constatado que ele possuía outras anotações criminais.

A fiscalização no BRT é realizada com base na lei nº 6.299, de 3 de dezembro de 2017, que estabelece penalidades aos usuários do BRT que não efetuarem o pagamento espontâneo da tarifa ao utilizar o serviço. As multas previstas são de R$ 170,00 (cento e setenta reais) e de R$ 255,00 (multa mais 50%), no caso de reincidência.

  • 28 de dezembro de 2020