Em cinco dias de fiscalização, Prefeitura registra mais de 4.600 autuações, 378 multas a estabelecimentos e 37 interdições

Publicado em 10/03/2021 - 13:41 | Atualizado em 10/03/2021 - 14:01
Cinco estabelecimentos foram interditados no quinto dia de fiscalização - Marcelo Piu

Após cinco dias de fiscalização das medidas mais restritivas aplicadas pela Prefeitura, foram registradas 4.636 autuações – entre multas e interdições a estabelecimentos, não utilização de máscaras, aglomerações, infrações de trânsito, reboques, encerramento de feiras, apreensões de mercadorias de ambulantes – 378 multas a estabelecimentos e 37 interdições. Coordenadas pela Secretaria de Ordem Pública, em conjunto com a Guarda Municipal, Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), com apoio da Polícia Militar, as operações são realizadas desde as 17h de sexta-feira passada (05/03) até as 7h desta quarta-feira (10/03). As ações seguirão até o fim do decreto, nesta quinta-feira (11/03).

Somente no quinto dia de fiscalização foram registradas 1.500 autuações, sendo 107 multas a estabelecimentos e cinco interdições. As operações ocorreram em diversos pontos da Zona Sul, Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, Campo Grande e Vila da Penha, além de ações destacadas da Guarda Municipal por todo o município do Rio de Janeiro.

– Muito da avaliação positiva desse período de fiscalizações vem da ocupação antecipada feita pela Seop e Guarda Municipal em pontos de aglomerações previamente detectados, como polos gastronômicos e boêmios do município. Seguiremos nas ruas realizando as operações e contando com o apoio e conscientização da população – destaca o secretário de Ordem Pública Brenno Carnevale.

Bares e restaurantes insistem em funcionar após as 17h, o que é proibido pelo novo decreto – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

 

Guarda Municipal notifica 96 estabelecimentos 

 

A Guarda Municipal notificou 96 estabelecimentos, entre bares, quiosques, restaurantes e lanchonetes, por funcionamento fora do horário permitido. De acordo com o decreto 48.573, que tem vigência até 23h59min desta quinta, bares, lanchonetes e restaurantes podem funcionar atendendo ao público presencialmente das 6h às 17h. Após este horário, os estabelecimentos podem funcionar somente nos sistemas delivery ou take away.

A operação resultou na aplicação de 1.014 multas de trânsito por diversas irregularidades, entre elas o estacionamento na calçada, em local proibido ou em fila dupla. As forças-tarefa percorreram diversos pontos das zonas Sul, Norte, Oeste e Centro da cidade. Os agentes também realizaram trabalho preventivo orientando donos de bares, lanchonetes, quiosques e restaurantes sobre as novas regras para funcionamento e fechamento dos estabelecimentos. As medidas restritivas têm objetivo de reduzir aglomerações e conter o avanço do novo coronavírus na cidade.

Desde sexta passada, quando iniciou a fiscalização, a Guarda Municipal já realizou 483 inspeções em bares, restaurantes, lanchonetes e quiosques, resultando na notificação de 312 deles por funcionamento fora do horário permitido pelo decreto. Ao todo, já foram aplicadas 3.289 multas de trânsito pelas equipes de fiscalização. As forças-tarefa atuaram em locais que apresentavam altos índices de aglomeração e também registros de denúncias na Central 1746 da Prefeitura do Rio.

 

As ações de fiscalização já aplicaram 378 multas a estabelecimentos desde sexta-feira passada – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

 

A apreensão de mercadorias e produtos está entre as ações previstas na fiscalização – Marcelo Piu/Prefeitura do Rio