Secretaria de Meio Ambiente esvazia e fecha estação de transbordo de lixo com operação clandestina na Penha

Publicado em 25/08/2021 - 09:08 | Atualizado

Em mais uma operação contra crimes ambientais, a Secretaria Municipal de Meio Ambiente, em ação conjunta com a Comlurb, a Subprefeitura da Zona Norte e a Delegacia de Proteção ao Meio Ambiente, esvaziou e fechou definitivamente, nesta manhã de quarta-feira (25/08), uma estação de transbordo e transferência de resíduos ao lado do Mercado São Sebastião, na Penha, Zona Norte do Rio.

Entre as irregularidades verificadas pelo Meio Ambiente, e que vinham sendo denunciados pelos comerciantes do Mercado, estão o risco de contaminação dos lençóis freáticos com chorume, a proliferação de vetores (ratos e baratas), mau cheiro, impacto visual, além de sujeira num perímetro onde são comercializados alimentos.

 

– Tivemos uma luta de muitos meses para, enfim, conseguir fechar definitivamente este local, que colocava a população em risco. Essa é uma importante vitória para o Meio Ambiente do Rio e para a população da Zona Norte – explicou Eduardo Cavaliere, secretário de Meio Ambiente.

 

O empreendimento pertence à empresa DSL Transportes e Soluções Ambientais Ltda, que já havia sido multada em ocasiões anteriores.

Para evitar risco de risco de contaminação – e até mesmo de explosão – pelo acúmulo de lixo no local, a Prefeitura está esvaziando o lixo restante no galpão. O fechamento da atividade não vai impactar na logística de destinação de resíduos sólidos urbanos, já que existem outros locais apropriados para o recebimento desses materiais, uma vez que a Comlurb opera oficialmente com cinco estações de transferência, que encaminham os resíduos para o Aterro Sanitário de Seropédica.

  • 25 de agosto de 2021
  • Skip to content