Prefeitura embarga loteamentos ilegais no Parque Estadual da Pedra Branca

Publicado em 14/10/2021 - 12:16 | Atualizado
Os fiscais embargaram as obras no loteamento irregular no Parque da Pedra Branca - Prefeitura do Rio

A Secretaria Municipal de Meio Ambiente fez, na manhã desta quinta feira (16/10), uma vistoria para embargar obras de dois condomínios construídos ilegalmente em uma área do Parque Estadual da Pedra Branca, em Senador Camará, Zona Oeste do Rio.

Para a segurança dos fiscais da Secretaria de Meio Ambiente, a PM ocupou completamente a comunidade do Morro do Sossego, área dominada por traficantes. Vinte e cinco policiais militares foram mobilizados, além de um blindado e sete viaturas.

O objetivo da ação foi notificar os responsáveis pelos empreendimentos para que as obras sejam paralisadas imediatamente e os danos ambientais ao Parque, reparados. Em caso de descumprimento das obrigações, a Prefeitura, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, fará as demolições de estruturas de casas, do arruamento e das redes de eletrificação no Caminho do Telégrafo.

As áreas dos dois condomínios têm aproximadamente 45 mil metros quadrados, o equivalente a seis campos de futebol oficiais.

  • 14 de outubro de 2021