Patrulha ambiental resgata filhotes de gambá que sobreviveram ao ataque de um cachorro

Publicado em 07/08/2020 - 19:50 | Atualizado
Animais foram levados para o Centro de Recuperação de Animais Silvestres. Foto: Divulgação

A Prefeitura do Rio, por meio da Guarda Municipal e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, resgatou nesta sexta-feira, dia 7, cinco filhotes de gambá que sobreviveram ao ataque de um cachorro na Floresta da Tijuca.

Policiais militares da Unidade de Polícia Pacificadora do Cerro-Corá presenciaram o ataque do cachorro a uma gambá, que estava grávida. Ao socorrerem a gambá, os policiais constataram que o animal estava morto e com um ferimento na região abdominal, por onde os filhotes saíram.

Os policiais levaram os filhotinhos para a base do Grupamento de Defesa Ambiental da Guarda Municipal, na Floresta da Tijuca, para serem socorridos. Uma equipe  da patrulha ambiental levou imediatamente os cinco filhotes de gambá para Centro de Recuperação de Animais Silvestres (CRAS), onde recebem tratamento veterinário.

A patrulha ambiental é formada por fiscais da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e guardas municipais do Grupamento de Defesa Ambiental. A Prefeitura do Rio orienta a população a acionar a patrulha por meio da Central 1746, caso flagrem animais silvestres em área urbana na cidade do Rio ou em qualquer situação de risco fora do seu habitat para um resgate seguro. O manuseio não é aconselhável e muito menos tentar afugentá-los, pois pode agravar qualquer lesão que os animais apresentarem. A Central 1746 funciona 24 horas.