Crivella anuncia gratuidade em sepultamentos para famílias de baixa renda que ganham até três salários mínimos

Publicado em 07/05/2020 - 13:25 | Atualizado em 07/05/2020 - 21:12
Fachada do Centro Administrativo São Sebastião, sede da Prefeitura do RioPrédio do CASS, sede administrativa da Prefeitura do Rio. Foto: Divulgação / Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio de Janeiro, Marcelo Crivella, anunciou nesta quinta-feira (07/05) que famílias de baixa renda receberão ajuda da Prefeitura para enterrar seus entes durante o período da pandemia de Covid-19.

Famílias com renda de até três salários mínimos terão gratuidade. O Município, por meio da Secretaria de Infraestrutura, Habitação e Conservação, oferece também o sepultamento social até o valor de R$ 546 para pessoas de qualquer faixa de renda, independentemente de sua situação socioeconômica.

– São medidas importantes para desonerar famílias de baixa renda no momento doloroso de enterrar seus parentes – disse Crivella.

O direito à gratuidade dos Serviços Cemiteriais e Funerários e ao sepultamento social será informado às famílias pelo assistente social da unidade de saúde onde for atestado o óbito. Ali então será feito o levantamento das condições sociais da família.

– Se a família quiser requerer o sepultamento social, esse pedido será prontamente avaliado e após isso, atendido – informou Sebastião Bruno, secretário de Infraestrutura, Habitação e Conservação.