Violência contra a mulher: Guardas prendem homem e mulher trans após flagrantes de agressões no Centro do Rio

Publicado em 14/03/2022 - 14:18 | Atualizado

Guardas municipais do Grupamento de Operações Especiais (GOE) atuaram em duas ocorrências de agressão, ocorridas no Centro do Rio, no domingo (13/3). A ação resultou na prisão de um homem de 33 anos e de uma mulher trans de 20 anos, que foram flagrados agredindo uma mulher de 32 anos e outra mulher trans de 35 anos. Em um dos casos, a violência foi praticada pelo companheiro da vítima.

No início da manhã, por volta das 7h, os guardas foram acionados por uma ciclista que viu o homem de 33 anos agredindo uma mulher. Ao se aproximarem do local, na Rua Uruguaiana, os guardas confirmaram a violência. O homem de 33 anos estava agredindo sua companheira, uma mulher trans venezuelana de 35 anos. Os agentes prenderam o homem e o conduziram para a 5ª DP (Centro), onde foi realizado o registro da lesão corporal. O homem ficou detido.

Mais tarde, por volta de 12h, as equipes fizeram outro flagrante de violência, dessa vez em um bar localizado na Rua da Lapa. Os agentes tiveram a atenção voltada para uma briga. Ao chegarem ao local, encontraram a vítima, uma mulher de 32 anos, toda ensanguentada caída no chão. Ela foi agredida pela mulher trans de 20 anos após uma discussão. Primeiro, os guardas levaram a vítima para o Hospital Municipal Souza Aguiar, também no Centro, e em seguida as duas foram levadas para a 5ª DP, onde também foi realizado o registro por lesão corporal.

  • 14 de março de 2022
  • Skip to content