Guarda Municipal participa da Operação Lei Seca

Publicado em 08/10/2020 - 18:25 | Atualizado

A Prefeitura do Rio, por meio da Guarda Municipal, participa da operação Lei Seca, que retorna às ruas da cidade nesta quinta-feira, dia 8. Ao todo, oito guardas do Grupamento Especial de Trânsito (GET) atuam em quatro pontos onde foram montadas as blitzes, que estavam suspensas desde o dia 18 de março por causa da pandemia do novo coronavírus.

Os guardas municipais vão fiscalizar infrações de trânsito cometidas pelos motoristas antes de serem abordados por policiais militares e agentes do Detran. Entre as irregularidades mais comuns estão a contramão, subida com veículo na calçada ou canteiro e evasão da blitz.

De acordo com o Código de Trânsito Brasileiro (Lei 9.503 de 1997), dirigir sob efeito de álcool é considerada infração gravíssima, com penalidade de multa de R$ 2.934,70, suspensão do direito de dirigir por 12 meses, além da perda de 7 pontos na CNH. O veículo ainda fica retido até que outro condutor habilitado e em condições de dirigir se apresente para retirá-lo. Em caso de reincidência em menos de 12 meses, o valor da multa é dobrado e fica em R$ 5.869,40.