Espelho d’água da Lagoinha das Taxas, no Recreio, fica limpo após Fundação Rio-Águas remover gigogas

Publicado em 18/01/2023 - 13:46 | Atualizado
O espelho d’água da Lagoinha das Taxas ficou limpo sem a presença de gigogas - Divulgação

A imagem da Lagoinha das Taxas com espelho d’água limpo, sem gigogas, no Recreio dos Bandeirantes, é fruto do trabalho das equipes da Fundação Rio-Águas, com apoio da Comlurb. Desde setembro do ano passado, a Rio-Águas manteve máquinas trabalhando na limpeza da lagoinha do Parque Natural Municipal Chico Mendes. Os trabalhos foram concluídos na terça-feira (17/1).

– É importante ressaltar que o aparecimento do espelho d’água da Lagoinha é resultado de um trabalho contínuo que foi realizado pela Fundação Rio-Águas. A remoção das gigogas contribui com a oxigenação da água e consequentemente com o bem estar da fauna local, bem como reduz significativamente a quantidade de mosquitos na região – ressaltou o subprefeito da Barra da Tijuca, Recreio e Vargens, Raphael Lima, sobre os benefícios para os bairros com o trabalho.

Foram retiradas mais de 2.400 toneladas de gigogas do corpo hídrico, que encheram, pelo menos, 438 caminhões da Fundação Rio-Águas e da Comlurb. Os serviços foram acompanhados de perto pela Subprefeitura da Barra da Tijuca, Recreio e Vargens. Uma equipe de manutenção da Rio-Águas será mantida na lagoinha, a fim de evitar a proliferação acentuada de gigogas.

– Foi um trabalho persistente de nossas equipes e conseguimos ver os resultados neste verão, com o aparecimento de toda a lagoinha. Seguimos ainda atuando no desassoreamento do Canal de Sernambetiba e em outros canais da região das Vargens, com objetivo de prevenir alagamentos – destacou o presidente da Fundação Rio-Águas, Wanderson Santos, sobre os serviços na região.

A Lagoinha das Taxas estava completamente tomada pelas gigogas – Divulgação
  • 18 de janeiro de 2023
  • Skip to content