Alvarás para a prática de esportes são entregues a instrutores na orla da Barra da Tijuca

Publicado em 23/09/2021 - 17:16 | Atualizado
Entrega de alvarás na orla da Barra - Marcos de Paula / Prefeitura do Rio

Depois de Copacabana e Ipanema, chegou a vez de a Barra da Tijuca começar a ter as atividades de prática esportiva regularizadas na cidade do Rio de Janeiro. Nesta quinta-feira (23/09), cerca de 50 instrutores de escolinhas de diferentes modalidades receberam o alvará para utilização do espaço na orla da região.

A ação faz parte do projeto de ordenamento da orla da cidade do Rio de Janeiro pelo Comitê de Qualificação dos Espaços Públicos para a Prática Desportiva e de Lazer. Criado em abril, o grupo conta, além da SMEL, com as secretarias municipais de Ordem Pública e de Meio Ambiente e a  Subsecretaria de Promoção de Eventos da Secretaria Municipal de Governo e Integridade Pública (SEGOVI). Também participam da ação a Guarda Municipal e a Subprefeitura da Barra. O presidente da Câmara dos Vereadores, Carlo Caiado também esteve presente na cerimônia, assim como representantes do Conselho Regional de Educação Física e de associações esportivas, como surfe e boxe de praia.

 

– A legalização de todos os esportes na praia era feita por algumas secretarias. Era difícil até para a Guarda Municipal manter o ordenamento. Pedi ao prefeito Eduardo Paes para juntarmos tudo e fazermos um alvará único. Reunimos todas as informações das secretarias, subprefeituras, para fazer o melhor possível e sem prejudicar ninguém. O secretário Pedro Paulo abraçou a ideia e hoje todos sabem como funciona. A ajuda de vocês que usam o espaço é fundamental também – afirmou Guilherme Schleder, secretário de Esportes.

 

– A Seop tem a missão de organizar o espaço público, fazer a cidade ser do cidadão. E o secretário de esportes teve a iniciativa de fazer a organização para as pessoas desenvolverem as atividades esportivas, que são também econômicas. Esse conceito de regularização e diálogo faz com que essa seja uma iniciativa duradoura – disse Brenno Carnevale, secretário de ordem púbica.

 

Até o momento, a Secretaria de Esportes recebeu cerca de 500 pedidos de alvarás para a prática de atividades esportivas na cidade. Destes, 150 foram da Barra da Tijuca. No mapeamento feito desde janeiro, havia cerca de 75 pontos de atividades esportivas no bairro.

 

– A gente escuta muito quando se fala em autorizações a dúvida se vai dar certo ou não. Esse time montado organizou isso. Agradeço a todos que acreditaram que esse momento era possível. Há muito tempo isso era um sonho. Essa resposta da Prefeitura é uma conquista de todos que se organizaram e se uniram para que desse certo – comentou Raphael Lima, subprefeito da Barra.

 

Instrutores de diversas modalidades não esconderam a emoção com a conquista de um pedido antigo. Tetracampeã brasileira de surfe, Andréa Lopes destacou o diálogo inédito que todos os praticantes de atividades esportivas estão tendo com a atual gestão municipal.

 

– Raramente a gente era escutado. Nunca fomos tão bem tratados como agora. O alvará é uma conquista para quem quer usar o espaço de forma séria e passar conhecimento para quem quer aprender – comemorou.

  • 23 de setembro de 2021