Prefeitura entrega mais 24 mil cestas básicas aos alunos da Rede Municipal

Publicado em 25/05/2020 - 09:46 | Atualizado em 25/05/2020 - 10:01
Famílias como a da dona Joana Darc, moradora da Zona Oeste, recebem o Cartão Cesta Básica, distribuído pela Secretaria Municipal de Educação. Foto: Marcelo Piu/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Educação, entregará, a partir desta segunda-feira, 25/5, e até o dia 9/6, mais 24.625 cestas básicas a famílias de alunos da rede municipal. Os benefícios serão entregues para quem solicitou a cesta básica através do link disponibilizado pela SME. A Secretaria já distribuiu cerca de 210 mil cartões e cestas básicas para os alunos desde o início da pandemia. No primeiro momento, a prioridade é para as famílias que se encontram em situação de maior vulnerabilidade: inscritos em programas sociais, desempregados, autônomos e MEIs. A entrega está sendo de forma escalonada, seguindo as orientações dos órgãos de saúde, para que não haja aglomeração em função da pandemia do novo coronavírus. Nesta etapa, serão atendidos alunos das regiões da 2ª,3ª, 5ª, 7ª e 9ª Coordenadorias Regionais de Educação (CREs).

É fundamental que as famílias compareçam nos dias, locais e horários marcados pela SME para que a distribuição ocorra de forma organizada.

Solicitação de cestas

A Secretaria Municipal de Educação fez uma análise de 105 mil inscrições disponíveis no link para a solicitação das cestas básicas. O resultado do levantamento indicou que, deste quantitativo, 38 mil cadastros eram de pessoas sem filhos vinculados à Rede Municipal de Ensino; 7 mil já estavam cadastrados no Bolsa Família ou Cartão Família Carioca e já seriam contemplados com o cartão Cesta Básica, e os demais tiveram o registro confirmado e receberão o benefício, bastando aguardar a convocação.

Para ampliar o atendimento às famílias dos alunos da Rede Municipal de ensino, a SME já distribuiu também mais de 230 mil litros de leite para alunos dos segmentos de creche, ensino infantil e pré-escola.

Além disso, manteve as escolas municipais abertas para oferecer merenda durante os primeiros dias de suspensão das aulas. Mas o Sindicato dos Professores entrou na Justiça pedindo o fechamento total das escolas. Na sequência, a SME entregou 1.500 cestas básicas para famílias dos alunos que foram almoçar nos dias 16 e 17 de março, quando as unidades escolares ainda estavam abertas oferecendo refeições-antes da Justiça acatar a ação do Sepe.