Orquestra formada por alunos de escolas municipais lança videoclipe gravado à distância

Publicado em 26/03/2020 - 17:45 | Atualizado em 26/03/2020 - 17:54
  • Início/
  • /
  • Orquestra formada por alunos de escolas municipais lança videoclipe gravado à distância
Orquestra formada por alunos de escolas municipais lança videoclipe gravado à distância

Vídeo foi gravado com 72 estudantes-instrumentistas – cada um em sua casa

Orquestra formada por alunos de escolas municipais lança videoclipe gravado à distânciaOs alunos da Rede Municipal de Ensino do Rio de Janeiro que fazem parte do programa de formação musical Orquestra nas Escolas estão afastados das unidades no momento, por causa da pandemia do novo coronavírus, mas não param de produzir arte. Mesmo longe um dos outros fisicamente, em função da suspensão das aulas para evitar aglomerações e também a disseminação do COVID-19, crianças e adolescentes músicos de 6 a 16 anos mantêm uma rotina de ensaios e até mesmo aulas virtuais todos os dias, com apresentações improvisadas. E nesta quinta-feira, 26/3, às 18h, para mostrar que estão afinados, os alunos lançam o clipe de “Kyrie”, de John Leavitt, interpretado por 72 estudantes do Orquestra nas Escolas. A música foi escolhida exatamente por conta do período que a sociedade está vivendo, de isolamento social forçado, em função do coronavírus, conforme explica a coordenadora do programa:

– Essa música é um Canon religioso, mas seu significado extrapola o que diz a letra, uma súplica de amor, paz e ajuda a todos os homens de boa vontade. A música já faz parte do repertório da orquestra, mas foi escolhida principalmente porque a realização da composição traz a mensagem que queremos transmitir a todos. Começa com pequenos grupos, um violino, uma flauta, um violoncelo, uma voz e à medida da construção da música vão participando cada vez mais instrumentos. O grande coro é o ápice da música. Mostrando que juntos somos mais fortes. A conquista se dá quando nos unimos – afirma a coordenadora Moana Martins.

O Orquestra nas Escolas é um programa da Secretaria Municipal de Educação. Por meio das redes sociais, com a orientação dos professores, os alunos-músicos organizaram encontros musicais à distância. A gravação foi realizada separadamente com cada aluno, pelo celular, e sincronizada em um único vídeo. Violino, violoncelo, clarinete, fagote, oboé, flauta e canto foram alguns dos instrumentos utilizados na apresentação. O conteúdo é resultado da união das formações musicais do programa: a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca, o Coro Laboratório Orsina da Fonseca e o Coro de Professores da Rede Municipal.

OSJC Virtual e Coro Laboratório Orsina da Fonseca – Kyrie (J. Leavitt)

Apresentamos o primeiro produto da nossa Orquestra Virtual! Formada por alunos da Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca e do Coro Laboratório Orsina da Fonseca, cada um em sua própria casa, a Orquestra gravou a obra Kyrie, de J. Leavitt, para transmitir a sua mensagem de solidariedade a todos neste momento. Confira o resultado! #OrquestranasEscolas #OSJC #CoroLaboratorio #somosasmecariocaSecretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro

Publicado por Orquestra nas Escolas – Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca em Quinta-feira, 26 de março de 2020

Para os alunos, o momento é de novos aprendizados. Brenda Lima Gomes, integrante do Coro Laboratório Orsina da Fonseca, pensou que não conseguiria adaptar-se.

— Está sendo uma novidade para mim. No começo me senti um pouco desconfortável, mas a maneira como os professores estão conduzindo o Programa, para que não percamos conteúdo, está sendo muito interessante.

Sobre o Orquestra nas Escolas

Desenvolvido pela Secretaria Municipal de Educação, o Programa Orquestra nas Escolas foi criado pelo prefeito Marcelo Crivella em 2017. Um dos frutos do projeto é a Orquestra Sinfônica Juvenil Carioca (OSJC). Para fazer parte da Orquestra, os alunos participam de audição e os aprovados passam a ensaiar duas vezes por semana com maestros. Hoje, cerca de 12 mil alunos fazem parte do programa. Cada integrante recebe bolsa-auxílio, além de lanche e vale-transporte. Alunos do 9º ano, quando seguem rumo ao Ensino Médio, têm a oportunidade de se tornar monitores da OSJC e demais orquestras do projeto.

Em maio do ano passado, uma comitiva com 61 estudantes da OSJC se apresentou na Espanha. Os músicos ficaram 12 dias no país europeu, passando por Madri e Valência, em um intercâmbio cultural, com diversas apresentações em salas de música e casas lotadas. Já em fevereiro deste ano, cinco alunos do programa viajaram para os Estados Unidos para participar da abertura da Conferência Internacional sobre Políticas Públicas para Educação e Música (New Directions 2020), na Universidade de Michigan. Já se apresentaram com a OSJC artistas como Elba Ramalho, Toquinho, Guilherme Arantes, Moraes Moreira, João Bosco e DJ Malboro.