Projeto Defesa Civil Nas Escolas inicia primeira fase do ano com capacitação online de professores da rede pública

Publicado em 22/03/2022 - 17:47 | Atualizado
O projeto Defesa Civil Nas Escolas foi retomado neste mês de março - Divulgação

O projeto Defesa Civil Nas Escolas, parceria entre as secretarias de Ordem Pública (Seop) e de Educação (SME), foi retomado neste mês de março com aplicação de instruções online para cerca de 150 professores do quinto ano do ensino fundamental. Nesta terça-feira (22/3), os docentes receberam o segundo módulo de capacitação e foram apresentados a uma série de atividades que podem ser replicadas em sala de aula. Uma delas é o game Vida em Jogo que, a partir de situações cotidianas, ajuda a desenvolver a percepção do risco dos jogadores.

Entre os assuntos trabalhados pelo jogo de tabuleiro estão os problemas relacionados ao lixo, alagamentos e deslizamentos de terra, acidentes de trânsito, perigo dos balões, incêndios, afogamentos e o mau uso dos telefones de emergência (trotes).

 

– O retorno do projeto, agora de forma híbrida (online/presencial), dá continuidade a um programa de sucesso que contribui para o aumento da percepção de risco dos jovens e transforma os alunos do quinto ano em agentes multiplicadores dentro de suas casas e na vizinhança, formando uma sociedade mais segura – afirmou o subsecretário de Proteção e Defesa Civil, Rodrigo Gonçalves da Silva.

 

O primeiro módulo foi ministrado no dia 15 de março, em que os professores receberam instruções sobre as atribuições da Defesa Civil, como os serviços de alerta por SMS, o funcionamento das sirenes nas comunidades, a realização de vistorias, entre outras funções. Além disso, foram alertados sobre as consequências das chuvas intensas, muito comuns na cidade, principalmente no período de verão, e que tipos de comportamento de autoproteção devem ser adotados antes, durante e depois desses eventos.

O objetivo dos módulos online ministrados pela equipe da Coordenação de Estudos, Pesquisa e Treinamento da Defesa Civil é sensibilizar profissionais da educação e alunos para atuarem como multiplicadores da doutrina preventiva em suas respectivas classes, estimulando o aumento da prática do comportamento preventivo dentro e fora da escola. Todas as 11 coordenadorias regionais da Secretaria Municipal de Educação estão contempladas nesta primeira fase, com uma cobertura de 144 unidades escolares representadas.

A primeira fase do projeto vai contar ainda com outros encontros ao longo do mês de março e início de abril: Prevenção e Primeiros Socorros (31/3) e Aplicação de Técnicas de Primeiros Socorros em sala de aula (8/4). Em seguida, na segunda fase, estão previstos ensinamentos de forma presencial sobre práticas de primeiros socorros e prevenção e combate a princípios de incêndio. A expectativa é contemplar todas as unidades escolares do município com pelo menos um representante capacitado.

Na terceira etapa, a Defesa Civil fará ações em 33 escolas da rede, trabalhando diretamente com as crianças, aplicando as metodologias de ensino para preparação delas para uma vida mais segura por meio de atividades educativas e lúdicas.

O projeto Defesa Civil nas Escolas, criado em 2013, leva para dentro das salas de aula temas voltados para redução de riscos de desastres. Com isso, os alunos participam de diversas atividades, como prevenção de acidentes domésticos, educação ambiental, primeiros socorros, atitudes que precisam ser tomadas em ocorrências de chuvas fortes, entre outros ensinamentos.

  • 22 de março de 2022