Prefeitura celebra Dia do Trabalhador com o “Vira Rio Cultural”

Publicado em 30/04/2020 - 17:33 | Atualizado em 30/04/2020 - 21:46
Prefeitura tem programação cultural especial no Dia do Trabalhador.

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Cultura, celebra nesta sexta-feira (01/05) o Dia do Trabalhador. E para homenagear aqueles que movimentam a cidade, será realizado o “Vira Rio Cultural”, uma programação cultural online com duração de 24 horas. As atividades de dança, música, contação de histórias serão apresentadas por meio de vídeos gravados ou lives nas redes sociais.

“A programação foi preparada com muito carinho e é dedicada a todos os trabalhadores. Acreditamos no poder das diferentes linguagens culturais, e são elas, por meio da força dos trabalhadores e trabalhadoras, que têm transformado os nossos dias nesse tempo de isolamento social!”, diz o secretário Municipal de Cultura, Adolfo Konder.

A programação começa às 9h30 com uma live do secretário municipal de Cultura e da presidente da Fundação Planetário, Maria Thereza Fortes. A partir das 10h a contação de histórias é com a Cia. Papa Vento, uma companhia de teatro de bonecos.  O início do dia é destinado aos pequenos, com atividades lúdicas e muitas brincadeiras. Já às 11h30, o Museu da História e da Cultura Afro-brasileira (MUHCAB) realiza uma oficina de artesanato com arame torcido.

Durante a tarde, a programação conta com visita virtual aos museus, rodas de leitura, apresentação do Centro Coreográfico da Cidade do Rio de Janeiro e apresentação da Focus Cia de Dança. A Companhia é uma das mais atuantes do país, com participações no Festival Quarties Danse em Montreal (Canadá), recebendo ainda a Comenda da Ordem do Mérito Cultural do Ministério da Cultura, a maior condecoração da cultura brasileira que todos os anos agracia artistas e grupos de maior destaque no cenário artístico.

Para o diretor artístico e coreógrafo da Focus, Alex Neoral, em tempos como esse, é a arte quem salvará o mundo. “Neste momento, em que a angústia pode ser o sentimento principal de nossas almas, a arte aparece como uma opção de sobrevivência, de esperança de dias melhores. Através da internet nos tornamos mais próximos mesmo que distantes e intocáveis. E a arte mais uma vez salvará o mundo. Ela tem o poder de criar outros e novos mundos”, acredita Alex Neoral.

A noite começa com uma leitura dramatizada com os atores e diretores Gilson Barros e Amir Haddad, e muita música com Rio Parada Funk. Desde 2013, o maior baile funk do Rio, faz parte da programação do calendário oficial da cidade e entra na programação com 1h30 de muito funk e diversão.

O sambista Moacyr Luz, criador do Samba do Trabalhador, encontro de grandes artistas, realizado no Clube Renascença , no Andaraí, Zona Norte do Rio, também marca presença no Vira Rio.

“Qualquer movimento que seja feito na direção da Cultura é importante. Aliás, fundamental. Se tratando do poder público, a Prefeitura idealizando um projeto como esse é significativo. Vão ser manifestações artísticas diferentes, numa maratona de eventos e ainda por cima deixando o artista respirar nesse tempo!”, destacou o sambista.

O Vira Rio segue ainda com tour virtual pelos pontos turísticos, participação da Orquestra da Maré, WorkShop de dança, fit dance e para finalizar muita música em homenagem ao sambista Martinho da Vila.

Os links de cada atividade serão divulgados ao longo do dia nas redes sociais da Secretaria de Cultura: