Equipamentos culturais se transformam em postos de testagem e vacinação infantil

Publicado em 14/01/2022 - 16:28 | Atualizado
Lona Cultural João Bosco virou posto de vacinação infantil contra a Covid-19 - Divulgação

A Secretaria Municipal de Cultura do Rio entrou em campo junto com o time da Saúde numa campanha inédita para estimular a vacinação infantil contra a Covid-19, que começa na próxima segunda-feira (17/1) para os pequenos de 11 anos. A ideia é transformar equipamentos culturais da cidade em postos de vacinação, oferecendo ainda programação artística, recreação e distribuição de livros.

Um deles é a Lona Cultural João Bosco, em Vista Alegre, na Zona Norte, que irá vacinar das 8h às 17h, com direito a balões de gás hélio, onde cada criança vai escrever uma frase do que deseja para o futuro, palhaços e perna de pau.

 

– Os espaços culturais não são só templos de arte, precisam servir ao seu tempo. No Rio, a cultura está comprometida com a saúde e com a ciência – disse o secretário de Cultura, Marcus Faustini.

 

A Arena Carioca Jovelina Pérola Negra, na Pavuna, e a Arena Carioca Abelardo Barbosa (Chacrinha), em Guaratiba, num primeiro momento, servirão de postos de testagem.

Em paralelo, a Secretaria de Cultura vem postando nas suas redes vídeos com depoimentos de crianças tirando dúvidas e informando sobre o calendário carioca de vacinação. A estreia é com as Pretinhas Leitoras, duas irmãs gêmeas do Morro da Providência idealizadoras de uma iniciativa de fomento à literatura negra. Elas fizeram perguntas sobre a campanha, respondidas pelo secretário de Saúde, Daniel Soranz. Em breve, será a vez do ator e dublador Igor Marçal, além de muitos outros pequenos da cultura. Tudo no Instagram @cultura_rio.

  • 14 de janeiro de 2022
  • Skip to content