Prefeitura do Rio devolve monumento a Noel Rosa para os cariocas

Publicado em 11/12/2021 - 14:05 | Atualizado em 13/12/2021 - 07:27
Estátua de Noel Rosa é reinaugurada - Beth Santos / Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio devolveu aos cariocas neste sábado (11/12) o monumento em homenagem a Noel Rosa, um dos símbolos do bairro de Vila Isabel. A reinauguração ocorreu no dia em que o compositor, um dos grandes nomes da música brasileira, faria 111 anos e contou com a presença do prefeito do Rio, Eduardo Paes.

A escultura fica no Largo do Maracanã, no início do Boulevard 28 de Setembro

O prefeito Eduardo Paes ressaltou a importância de fazer mais uma homenagem a Noel:

 

– Resgatamos aqui esse mestre, poeta, figura incrível, já tão homenageado por todos nós que gostamos de samba, da música brasileira. Que bom poder fazer essa homenagem, esse é um dia de alegria.

 

Para coibir o vandalismo, foram instaladas câmeras de monitoramento, que ficarão 24 horas voltadas para a estátua de Noel Rosa e conectadas ao sistema do Centro de Operações Rio (COR). Elas fazem parte dos equipamentos utilizados na cidade por meio da PPP da RioLuz. Além disso, a parte interna do bronze do monumento, que era oca, foi preenchida com concreto para dificultar o corte e o furto de partes da escultura.

 

A estátua de Noel Rosa, em Vila Isabel – Beth Santos / Prefeitura do Rio

 

Para o restauro, foi chamado o criador do monumento, o paraibano Joás Pereira dos Passos. O conjunto de esculturas, feito em bronze, mostra Noel Rosa sentado à mesa de um botequim, sendo atendido por um garçom, ao centro de uma moldura formada por quatro portas estilizadas em granito e ferro. Uma cadeira vazia convida quem passa a sentar-se junto a Noel, numa referência a um dos grandes sucessos do compositor, “Conversa de botequim”. Inaugurada em 1996, a escultura é o primeiro monumento interativo do Rio de Janeiro.

 

– Faço um apelo aos pedestres, aos moradores, para que cuidem não só desse monumento, mas de todas as obras da cidade. Elas são como filhos para os escultores, não podem ser mutiladas. Aproveitem, apreciem a escultura – disse Joás.

 

Para a secretária de Conservação, Anna Laura Valente Secco, a volta de Noel Rosa é motivo de orgulho:

 

– Por causa do vandalismo, o que sobrou do monumento precisou ser retirado e levado para um local seguro. Não apenas os moradores de Vila Isabel, mas todos os que amam o Rio e passavam por ali sentiam um aperto no peito ao ver o espaço vazio há quase três anos. Uma das prioridades da atual gestão era o restauro de Noel, que exigiu um minucioso trabalho. E nada melhor do que o aniversário dele para festejarmos essa volta.

 

O subprefeito da Grande Tijuca, Wagner Coe, também celebrou a volta de Noel:

 

– O morador cobrava essa reposição, era como se um pedaço de sua alma boêmia tivesse sido roubado. E roubaram mesmo. Mas agora, felizmente, Vila Isabel volta a ter o seu cartão de visita, a estátua de Noel Rosa dando as boas-vindas a quem chega ao bairro pela sua principal avenida, o Boulevard 28 de Setembro.

  • 11 de dezembro de 2021
  • Skip to content