Projetos do Ecoparque da Comlurb ganham destaque na Rio Innovation Week

Publicado em 11/11/2022 - 20:44 | Atualizado

A Comlurb participou na manhã desta sexta-feira (11/11) do último dia do Rio Innovation Week, festival de tecnologia e inovação montado no Píer Mauá, área central da cidade. O coordenador de projetos da Diretoria Técnica e de Engenharia da Companhia, Bernardo Ornelas Ferreira, apresentou, no painel de debates “Clean up the World”, os programas inovadores de reaproveitamento de resíduos desenvolvidos no Ecoparque do Caju e que ainda ajudam a reduzir o envio de lixo ao CTR-RIO, colaborando com o meio ambiente e aumentando a vida útil do aterro.

Bernardo explicou à plateia sobre a Unidade de Biometanização, a primeira da América Latina e que transforma resíduos orgânicos em energia a partir do biogás e composto orgânico para regeneração de solos. O superadubo gerado está sendo usado na recuperação da Floresta da Tijuca e também no programa Hortas Cariocas, de incentivo à agroecologia urbana e acesso a alimentos saudáveis nas regiões mais vulneráveis da cidade.

O coordenador falou também sobre o equipamento de última geração, doado pela cidade alemã de Colônia, para fragmentação e peneiramento dos resíduos de podas realizadas pela cidade. O produto final, a biomassa combustível, é usado como energia térmica e em fornos da indústria cerâmica. Atualmente são processadas mais de 400 toneladas por mês.

– Nossos projetos no Ecoparque do Caju fecham todo o ciclo da economia circular: reduzir resíduos e a poluição, recuperar recursos para recircular na cadeia produtiva e regenerar sistemas naturais. O Ecoparque é um modelo de tecnologias pioneiras e, como o Rio é uma vitrine, a participação em eventos como esse é uma oportunidade de compartilhar e disseminar pelo Brasil as boas práticas que estamos desenvolvendo por lá – ressaltou Bernardo.

O coordenador contou ainda sobre o projeto de segurança alimentar, também firmado com Colônia, que está em processo de desenvolvimento no Ecoparque do Caju. O local ganhará um Centro de Distribuição de Alimentos para receber frutas e legumes em condições sanitárias de consumo e não comercializado pelos supermercados, que serão entregues à população carente.

A Comlurb também aproveitou o evento para colocar em exposição o novo trator que está sendo usado para coleta em comunidade. O veículo facilita a coleta de resíduos em trechos de difícil acesso como becos e vielas, e tem capacidade de receber até 900 quilos exclusivamente de resíduos domiciliares. O trator conta com diferenciais, como: freio nas quatro rodas; chassis articulado para facilitar as manobras em ruas estreitas; e dimensões reduzidas, com 2,20m de altura e 1,70m de largura.

  • 11 de novembro de 2022
  • Skip to content