Ecoponto da Comlurb entra em operação em Vigário Geral

Publicado em 06/09/2022 - 09:24 | Atualizado em 08/09/2022 - 07:38
O novo Ecoponto foi instalado em Vigário Geral - Prefeitura do Rio

A Comlurb deu início, na manhã desta terça-feira (06/09), à operação do Ecoponto na entrada da comunidade de Vigário Geral, na Zona Norte. Localizado no acesso pela Rua Bulhões Marcial, o ecoponto conta com duas caixas estacionárias de cinco metros cúbicos para receber entulho, galhadas, pedaços de madeira e bens inservíveis, como móveis e eletrodomésticos; uma caixa compactadora de 15 metros cúbicos para lixo domiciliar; e quatro caixas metálicas de 1.200 litros exclusivamente para materiais potencialmente recicláveis. Os moradores poderão colocar seus resíduos de segunda a sexta, das 8h às 17h, e aos sábados das 8h às 14h.

A iniciativa torna a operação da Comlurb ainda mais sustentável, contribuindo para um gerenciamento mais eficiente dos resíduos sólidos urbanos. Este é o sexto ecoponto instalado este ano pela companhia em 2022. Os outros cinco são: o do Vagão e o de Vila Jurema, em Realengo, o de Santo Amaro, no Catete, o de Madureira, embaixo do Viaduto Negrão de Lima, e o da Mineira, no Catumbi.

–  Em parceria com a associação de moradores e da população local, transformamos uma área antes totalmente degradada em um ecoponto com ótima estrutura para depósito de resíduos. A  obra foi quase toda feita pela Comlurb, com a participação dos nossos garis grafiteiros Murilo e Derlan, que deram um toque de arte nos muros, no canteiro, nos postes e nas caixas de coleta. Seguimos ignorando ecopontos e transformando a cidade – afirmou o presidente da Comlurb, Flávio Lopes.

A Comlurb tem incentivado cada vez mais que os moradores façam a separação de resíduos potencialmente recicláveis em casa, como plástico, vidro, embalagens de papel, entre outros itens. A companhia está empenhada em reformar e implantar novos ecopontos em diversas regiões da cidade, especialmente em áreas mais críticas de descarte irregular, garantindo que locais antes degradados passem a contar com pontos ordenados de descarte, com remoção regular dos resíduos por caminhões. A previsão é que até o fim do ano mais de 20 ecopontos sejam finalizados.

Os ecopontos ficam estrategicamente localizados nas comunidades e proximidades, e são locais de entrega voluntária de resíduos domiciliares e pequenos volumes de entulho, bens inservíveis (móveis, sofás, eletrodomésticos, etc.) e galhadas. Nessas estruturas, o cidadão pode dispor o resíduo gratuitamente em caçambas distintas para cada tipo de material. Por isso, eles são fundamentais para a ordenação dos resíduos, controle de vetores e melhoria da saúde pública, de forma a evitar disposições irregulares, como em pontos críticos.

  • 6 de setembro de 2022
  • Skip to content