Segundo dia de fiscalização para cumprir medidas de restrição tem registro de 733 autuações

Publicado em 07/03/2021 - 16:48 | Atualizado em 07/03/2021 - 18:00
Operação da Seop e da Guarda Municipal contra aglomeração - Divulgação / Prefeitura do Rio

No segundo dia de ações de fiscalização para cumprimento de medidas restritivas, realizadas entre a manhã de sábado (06/03) e o fim da madrugada de domingo (07/03), a Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), juntamente com a Guarda Municipal e o Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), além do apoio da Polícia Militar, atuou no patrulhamento, monitoramento e fiscalização de diversas áreas da cidade e registrou 733 autuações – entre multas e interdições a estabelecimentos, encerramento de feiras, reboques, apreensões de mercadorias de ambulantes.

Entre as autuações, 70 estabelecimentos foram multados por funcionamento após o horário permitido pelo decreto e outros 10 estabelecimentos/eventos sofreram interdições como, por exemplo, uma festa na Barra da Tijuca que contava com aproximadamente 200 pessoas.

– Seguimos com uma avaliação bem positiva das ações de fiscalização. Sábado é um dia costumeiramente de lazer e praia para os moradores do Rio, mas mesmo assim quase não tivemos registros de aglomerações. Agradecemos a conscientização da maior parte da população, entre eles donos de estabelecimentos e quiosques. As fiscalizações continuarão constantes para que o cenário siga positivo – destaca o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

As equipes atuaram em comboios em bairros das zonas Sul, Oeste e Norte, além de ações destacadas da Guarda Municipal por toda a cidade.

Balanço desde sexta-feira, dia 05/03 – Somando todos os dados, desde 17h horas de sexta-feira (05/03), até 7h da manhã de domingo (07/03), foram registrados 963 autuações, sendo 120 multas a estabelecimentos e 23 interdições.

 

Guarda Municipal fecha 42 estabelecimentos

A Guarda Municipal do Rio realizou o fechamento de 42 estabelecimentos flagrados funcionando fora do horário permitido entre a tarde de sábado e a madrugada deste domingo. A operação resultou na aplicação de 421 multas de trânsito por diversas irregularidades, entre elas o estacionamento na calçada, em local proibido ou em fila dupla.

Em dois dias de operação, os agentes notificaram 75 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, por funcionamento fora do horário permitido pelo decreto, e aplicaram 653 multas de trânsito.

As equipes atuaram em mais de 50 pontos em todas as regiões da cidade para cumprir as medidas determinadas pelo decreto 48.573 de 4 de março de 2021.

As equipes atuaram em diversos pontos da cidade para verificar o cumprimento das medidas do decreto. Na região central do Rio, as forças-tarefa percorreram a região da Lapa nas ruas do Riachuelo, Moncorvo Filho, Frei Cabeça, Avenida Mem de Sá e nas praças João Pessoa, Tiradentes e Cruz Vermelha.

Na Zona Sul, as equipes fizeram rondas nos principais pontos de concentração de bares da região como a Rua Dias Ferreira, Avenida Ataulfo de Paiva e Praça Cazuza, no Leblon; Rua Barata Ribeiro, Hilário da Gouvêa, em Copacabana; Praça São Salvador, no Flamengo; Praça Nelson Mandela, em Botafogo e no Baixo Gávea.

Na Zona Oeste, as equipes estiveram presentes em diversos pontos, entre eles as avenidas Lúcio Costa, Olegário Maciel e a Praça do O, na Barra da Tijuca; Ponto Chique, em Padre Miguel; Praça Tim Maia e Avenida Giomar Novaes no Recreio dos Bandeirantes; e na Estrada do Guandu do Sapê, em Campo Grande.

Na Zona Norte, os agentes atuaram nos polos gastronômicos e em vias com alta concentração de bares como a Estrada Intendente de Magalhães, em Vila Valqueire; Rua Dias da Cruz, no Méier; Rua Belisário Pena, na Penha; Avenida Braz de Pina, no Polo Gastronômico de Vista Alegre; na Praça da Bandeira; ruas Isidro de Figueiredo, Haddock Lobo, Cândido Brasil e Praça Varnhagem, na Tijuca; ruas Barão de São Francisco e Torres Homem, em Vila Isabel; Rua Domingos Lopes, em Madureira; Parque Madureira; na Ilha de Paquetá; Praça Iá Iá Garcia, Estrada do Rio Jequiá e nas praias da Engenhoca, São Bento e da Bica, na Ilha do Governador.

Justiça mantém decreto da Prefeitura do Rio que estabelece medidas de restrição contra a Covid-19