Rei Momo recebe as chaves da cidade, e Carnaval 2022 está oficialmente aberto

Publicado em 20/04/2022 - 14:07 | Atualizado
O Rei Momo, Wilson Neto, recebeu as chaves da cidade em cerimônia no Palácio da Cidade - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito Eduardo Paes entregou, nesta quarta-feira (20/4), as chaves da cidade ao Rei Momo, ato que marca o início oficial do Carnaval 2022. Depois de dois anos de pandemia de Covid-19, a maior festa popular do país ficou restrita este ano aos desfiles das escolas de samba na Marquês de Sapucaí e na Intendente Magalhães, além de  atrações no Terreirão do  Samba.

 

– É uma honra transferir o poder e todas as responsabilidades da Prefeitura para o Rei Momo. Ele assume, a partir deste momento, o comando da nossa cidade. Quero dar as boas-vindas a todos que vierem para o Rio de Janeiro nos próximos dias. O maior espetáculo da Terra está de volta, viva o Carnaval carioca e a cultura brasileira! – exaltou o prefeito.

 

Eduardo Paes fez questão de lembrar do trabalho incansável dos profissionais da Saúde no combate à Covid-19.

 

– Quero agradecer aos profissionais de saúde, que tanto se dedicaram nesses últimos anos para que pudéssemos viver esse momento agora. Passamos, no mundo inteiro, por grandes dificuldades, de muito sofrimento. Que essa pandemia tenha sido um ensinamento para que possamos ter, daqui por diante, um mundo mais feliz e de paz.

 

O Rei Momo, Wilson Neto, não escondia a alegria por receber as chaves da cidade.

 

– É um prazer incrível, eu nem dormi esta noite de tanta ansiedade. Passamos dois anos com muita saudade do maior espetáculo da Terra. Que neste carnaval só reine a alegria, a espontaneidade e a liberdade de expressão. Como monarca da folia, declaro aberta a maior manifestação popular e cultural do mundo, que é o Carnaval carioca. Viva o samba! – afirmou o Rei Momo, ao lado da Rainha do Carnaval, Taiana Rodrigues; da primeira princesa, Luara Lino; e da segunda princesa, Deisiane Jesus.

 

Participaram também da cerimônia a família do Mestre Candonga (guardiã oficial da chave da cidade); o casal de mestre-sala e porta-bandeira da Beija-Flor, Claudinho e Selminha Sorriso; a dupla do Rio sobre perna-de-pau, Raul Faria Lima e Isa Xavier; a bateria da escola de samba São Clemente, sob comando do Mestre Caliquinho; e a Banda da Guarda Municipal.

Prefeitura monta esquema especial para o Carnaval

Uma operação especial foi planejada pela Prefeitura do Rio, envolvendo órgãos municipais com equipes de prontidão para a prestação de serviços aos cidadãos durante a folia. A  programação  operacional inclui ainda o Desfile das Campeãs, no dia 30 deste mês.

Para garantir a fluidez do trânsito no Centro da cidade e em todos os seus acessos, agentes da CET-Rio, da Secretaria de Ordem Pública (Seop) e da Guarda Municipal estarão em pontos estratégicos para coibir o estacionamento irregular, ordenar os cruzamentos, orientar pedestres e efetuar bloqueio  viários.  O  Centro  de Operações Rio (COR) vai monitorar todas as áreas de eventos por meio de câmeras.

A  Secretaria  Municipal  de  Saúde  montou sete  postos  médicos  ao  longo  da  Sapucaí. A estrutura de atendimento conta com 32 leitos. Pacientes com quadros mais graves terão ambulâncias com UTI móvel para a transferência. Na Intendente Magalhães há um posto médico de atendimento, além de quatro ambulâncias. No Terreirão do Samba, dois postos médicos e quatro ambulâncias.

A Comlurb escalou equipes para todos os dias de desfiles, no Sambódromo e na Estrada Intendente Magalhães, que atuarão na limpeza dos equipamentos e das ruas de acesso.

Já a Secretaria de Ordem Pública e a Guarda Municipal terão mais de 3.200 agentes na Sapucaí e na Intendente. Um planejamento que inclui a fiscalização, por equipes da Controladoria de Controle Urbano (CCU), dos 80 ambulantes autorizados no entorno do Sambódromo.

Outros detalhes sobre a programação dos eventos e a operação especial estão neste link.

  • 20 de abril de 2022