Prefeitura registra mais de 3.100 autuações, com 271 multas a estabelecimentos e 32 interdições 

Publicado em 09/03/2021 - 12:44 | Atualizado
As operações de fiscalização são coordenadas pela Secretaria de Ordem Pública - Prefeitura do Rio

Após quatro dias de fiscalizações do novo decreto, a Prefeitura registrou 3.136 autuações, com 271 multas a estabelecimentos e 32 interdições. Coordenadas pela Secretaria Municipal de Ordem Pública, em conjunto com a Guarda Municipal, Instituto de Vigilância Sanitária (Ivisa), com apoio da Polícia Militar, as operações foram realizadas das 17h de sexta-feira (05/03) até as 7h desta terça-feira (09/03). As ações seguirão até o fim do decreto, na próxima quinta-feira (11/03).

Apenas no quarto dia de fiscalizações foram registradas 1.467 autuações – entre multas e interdições a estabelecimentos, infrações de trânsito, encerramento de feiras, reboques e apreensões de mercadorias de ambulantes – com 68 multas a estabelecimentos e uma interdição. As ações do quarto dia ocorreram com os comboios em diversos pontos da Zona Sul, Zona Oeste, Zona Norte e Centro, além de atuações destacadas da Guarda Municipal por todo o município do Rio de Janeiro.

 “É nítida a adesão da maioria da população e dos empresários, que entenderam o momento que estamos passando e vêm colaborando no cumprimento das medidas de proteção à vida. De toda forma, o trabalho de fiscalização seguirá diuturnamente para que as regras continuem sendo cumpridas e logo possamos voltar ao mínimo de normalidade”, avalia o secretário de Ordem Pública, Brenno Carnevale.

 

GM fecha 63 estabelecimentos flagrados fora do horário permitido

A Guarda Municipal fechou nesta segunda à noite 63 estabelecimentos, entre bares e restaurantes, que estavam funcionando fora do horário permitido pelo decreto 48.573 de 4 de março de 2021. De acordo com a legislação, bares, lanchonetes e restaurantes podem funcionar das 6h às 17h.

 

A Guarda Municipal fechou 63 estabelecimentos que não respeitaram o horário de fechamento – Prefeitura do Rio

 

A operação resultou ainda na aplicação de 1.218 multas de trânsito por diversas irregularidades, entre elas o estacionamento na calçada, em local proibido ou em fila dupla. As forças-tarefa percorreram diversos pontos em todas as regiões da cidade. Os agentes também realizaram trabalho preventivo orientando donos de bares, lanchonetes, quiosques e restaurantes sobre as novas regras para funcionamento e fechamento dos estabelecimentos. As medidas restritivas têm objetivo de reduzir aglomerações e conter o avanço do novo coronavírus na cidade.

Em quatro dias de operação, já foram notificados 199 estabelecimentos, entre bares, restaurantes e quiosques, por funcionamento fora do horário permitido pelo decreto, e foram aplicadas 2.275 multas de trânsito pelas equipes de fiscalização. As equipes atuaram em locais que apresentavam altos índices de aglomeração e também registros de denúncias na Central 1746 da Prefeitura do Rio.

Na região central do Rio, os agentes percorreram a região da Lapa nas ruas do Riachuelo, Moncorvo Filho, Frei Caneca, Avenida Mem de Sá, nas praças João Pessoa, Tiradentes e Cruz Vermelha e na Pedra do Sal. Na Zona Sul, as equipes fizeram rondas nos principais pontos de concentração de bares da região como a Rua Dias Ferreira, Avenida Ataufo de Paiva e Praça Cazuza, no Leblon; Rua Barata Ribeiro, Hilário da Gouvêa, em Copacabana; Praça São Salvador, no Flamengo; Praça Nelson Mandela, em Botafogo e no Baixo Gávea.

Na Zona Oeste, as equipes estiveram presentes em diversos pontos, entre eles as avenidas Lúcio Costa, onde se concentra grande número de quiosques, Olegário Maciel e a Praça do O, na Barra da Tijuca; Ponto Chique, em Padre Miguel; Praça Tim Maia e Avenida Giomar Novaes no Recreio dos Bandeirantes; e na Estrada do Guandu do Sapê, em Campo Grande.

Na Zona Norte, os agentes atuaram nos polos gastronômicos e em vias com alta concentração de bares como a Estrada Intendente de Magalhães, em Vila Valqueire; Rua Dias da Cruz, no Méier; Rua Belisário Pena, na Penha; Praça Setúbal, na Vila da Penha; Avenida Braz de Pina, no Polo Gastronômico de Vista Alegre; na Praça da Bandeira; ruas Isidro de Figueiredo, Haddock Lobo, Cândido Brasil e Praça Varnhagem, na Tijuca; ruas Barão de São Francisco e Torres Homem e dos Artistas, em Vila Isabel; Rua Domingos Lopes, em Campinho; Parque Madureira; na Ilha de Paquetá; Praça Iá Iá Garcia, Estrada do Rio Jequiá e nas praias da Engenhoca, São Bento e da Bica, na Ilha do Governador.

  • 9 de março de 2021