Prefeitura promove ação para jovens mulheres em medidas socioeducativas

Publicado em 08/03/2021 - 19:21 | Atualizado em 08/03/2021 - 19:39
Internas vão participar de oficinas de fotografia, colagem e uma roda de conversa com uma psicóloga - Bernardo Cordeiro/Prefeitura

No Dia Internacional da Mulher, as jovens que cumprem medidas socioeducativas no Rio não foram esquecidas. A Secretaria Especial da Juventude Carioca (JUVRio) lançou, na data, o piloto do projeto Fala Juventude na unidade de internação feminina do Degase – Departamento Geral de Ações Socioeducativas. As internas vão participar de oficinas de fotografia, colagem e uma roda de conversa com uma psicóloga sobre saúde mental e ser mulher hoje. O material produzido será exibido depois na exposição “O Universo é das meninas”, em local ainda a definir.

A fotografia foi escolhida por ser uma linguagem fundamental para expressão da realidade e do ambiente em que se vive, além de projetar sonhos e anseios. Serão três dias de atividades (8, 9 e 10 de março) e as jovens mulheres serão ouvidas para auxiliar na criação da Cartilha dos Direitos da Juventude, documento informativo que vai responder às dúvidas dos jovens sobre o trabalho do poder público.

O secretário da JUVRio, Salvino Oliveira, falou sobre a escolha de iniciar o projeto junto ao Degase. – Queremos olhar e lutar por todas as juventudes do Rio, incluindo as mais invisibilizadas, como essas jovens que estão no sistema socioeducativo. Por meio da arte é possível ultrapassar a barreira da comunicação simples e dar um estímulo para que elas transmitam suas ideias e sentimentos – explicou Salvino.

Para o diretor-geral do Degase, Márcio Rocha, esta é uma ação muito efetiva na transformação das jovens e uma ótima ferramenta de reinserção social.  – Nós do Degase, recebemos mais esta parceria integrada como uma grande ação, que vai abrir novos canais de oportunidades e diminuir os índices de reincidência, um dos nossos objetivos principais – ressaltou Márcio Rocha.

 

  • 8 de março de 2021