Prefeitura participa da abertura da 20ª edição da Rio Oil & Gas. Evento será no Boulevard Olímpico

Publicado em 26/09/2022 - 12:14 | Atualizado em 26/09/2022 - 12:23
  • Início/
  • /
  • Prefeitura participa da abertura da 20ª edição da Rio Oil & Gas. Evento será no Boulevard Olímpico
Armazéns do Píer Mauá, no Boulevard Olímpico, serão palco da Rio Oil & Gas 2022 - Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Eduardo Paes, participou, na manhã desta segunda-feira (26/9), da abertura da 20ª edição da Rio Oil & Gas 2022, no Museu do Amanhã. O evento, que volta a ser presencial, será realizado em seis armazéns do Píer Mauá, no Boulevard Olímpico. Durante quatro dias, os principais executivos e especialistas da indústria do petróleo do Brasil e do mundo participarão de debates e palestras sobre o setor. Mais de 400 expositores, nacionais e internacionais, estarão presentes.

 

– Para nós é uma alegria e um orgulho voltar a ter este encontro tão tradicional na história da nossa cidade, há 40 anos sendo realizado no Rio de Janeiro e finalmente voltando a ser um evento presencial. Agradeço pela escolha do local, que vai permitir um pouco mais da vivência do Rio, suas belezas, um espaço inspirado pelos Jogos Olímpicos, mas que significou, talvez, uma das transformações urbanas mais importantes das últimas décadas na cidade. O Rio tem a pretensão e o desejo de ser a capital da energia na América Latina e está de portas abertas para recebê-los e consolidar essa posição – disse Eduardo Paes.

 

A expectativa do Instituto Brasileiro de Petróleo e Gás (IBP), organizador do evento, é a de receber cerca de 40 mil participantes, entre executivos, profissionais, autoridades e especialistas de dezenas de países, que circularão pela feira, congresso e eventos paralelos da Rio Oil & Gas. Quem não puder comparecer fisicamente poderá acompanhar o evento de forma remota (online).

A Rio Oil & Gas acontece em um momento ímpar do cenário global, após dois anos de pandemia e com questões geopolíticas (guerra da Ucrânia) e climáticas impondo novos desafios para as empresas da cadeia produtiva de petróleo e gás. Por isso, a transição energética do setor para uma economia de baixo carbono é um dos principais temas dos debates e palestras da Rio Oil & Gas.

 

– A indústria do petróleo tem a missão de garantir o suprimento de energia para o mundo todo e financiar a jornada rumo a uma economia de baixo carbono. No atual cenário de emergência climática, o setor reúne ainda mais esforços para prover os investimentos e as tecnologias necessárias à transição energética. A Rio Oil & Gas 2022 é uma oportunidade de diálogo e troca de informações para a indústria em busca de soluções inovadoras que reafirmam o papel fundamental do nosso setor para o país e sua importância para o mundo, em meio ao intenso debate sobre segurança energética – afirmou Roberto Ardenghy, presidente do IBP.

 

Nove países estão presentes com pavilhões na feira do evento – Angola, Alemanha, Argentina, Áustria, Irã, Itália, Reino Unido, França e Noruega. Irã e Angola participam pela primeira vez. A Áustria retorna à Rio Oil & Gas após oito anos. Além disso, durante o evento, pesquisadores de 20 países apresentarão trabalhos técnicos – nos eixos Upstream, Midstream & Downstream, Gás Natural & Energia e a Indústria do Futuro.

Legado

A Rio Oil & Gas vai deixar um importante legado para a cidade do Rio de Janeiro. O IBP investiu para reformar o Armazém do Kobra, conhecido pelo Mural Etnias, do artista Eduardo Kobra, e que durante o evento será renomeado Armazém IBP. No local, ocorrerão as palestras do congresso e parte da exposição. Com essa reforma, o município ganha um novo espaço para a realização de eventos de grande porte, o que garante mais uma fonte de geração de emprego e renda para a economia local. Nos últimos anos, o armazém estava funcionando apenas como estacionamento.

Evento carbono zero

Pela primeira vez, a Rio Oil & Gas será totalmente carbono zero. Em parceria com três empresas especializadas, o evento compensará com a compra de créditos de CO2 a emissão necessária para a realização do congresso. A WayCarbon será responsável pelos cálculos das emissões, a BlockC fará a compensação e a Rina cuidará da auditoria de todo o processo. A reciclagem dos resíduos também é uma preocupação. A coleta e a gestão desse material serão feitas pela empresa Boomerang. As lonas utilizadas no evento seguirão para reutilização e a madeira passará por processo de transformação em biomassa. Os resíduos recicláveis irão para cooperativas de catadores, resíduos orgânicos serão destinados à compostagem e o óleo de cozinha utilizado no preparo de alimentos se transformará em biodiesel.

Diversidade e ações sociais

A diversidade também estará presente na Rio Oil & Gas. O número de palestrantes e moderadoras é de 39,5% do total, o que representa um aumento de 30% em relação à última edição presencial, em 2018. Neste ano, a presença feminina chega a 49% nos eventos paralelos. No congresso, reservado às palestras, a participação das mulheres é de 30%.

A inclusão estará presente na contratação de nove adolescentes e adultos com deficiência intelectual para dar informações ao público. Um dos contratados é um fotógrafo autista que registrará diversos momentos da Rio Oil & Gas. Já o Centro Integrado de Estudos e Programas de Desenvolvimento Sustentável (CIEDS) deu suporte para a contratação de 30 pessoas que atuarão na produção, considerando perfis de diversidade

O IBP dará apoio à campanha #FliptheScript, criada para mobilizar a sociedade e o setor público em torno dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODSs) da ONU. A Ação da Cidadania também estará presente, com um balcão para divulgação de projetos. A Rio Oil & Gas será embaixadora da campanha “15 por 15”, um pacto pelos 15% da população que passa fome no país. Os participantes poderão contribuir para reduzir a insegurança alimentar dessas famílias.

  • 26 de setembro de 2022
  • Skip to content