Prefeitura impede a realização de festa de rua na Zona Norte, neste domingo

Publicado em 21/06/2020 - 20:17 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Prefeitura impede a realização de festa de rua na Zona Norte, neste domingo

A Prefeitura do Rio, por meio da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Seop), impediu a realização de festa de rua que aconteceria no bairro de Colégio, na Zona Norte, na tarde deste domingo (dia 21). Este é o segundo evento clandestino interrompido pelo Disk Aglomeração, coordenado pela Seop, neste fim de semana: no sábado, as equipes evitaram que show (pago) de DJs ocorresse em sítio particular em Guaratiba, na Zona Oeste.

Na ação deste domingo, os agentes do Disk Aglomeração chegaram ao local do evento – na Rua Parabi – por denúncias feitas ao serviço (via canal 1746) davam conta de que cerca de mil pessoas eram esperadas na via pública. Na rua, foram encontrados alguns adereços de festa junina penduradas em postes e o início de concentração de pessoas, que foram orientadas quanto as “regras de ouro” para enfrentamento à Covid-19. Até o início da noite, os agentes – guardas municipais e policiais militares contratados na folga pela Prefeitura – continuavam no bairro. Um homem identificado como um dos organizadores, foi qualificado e notificado.

Fim de semana – Neste fim de semana, a força-tarefa coordenada pela Seop realizou operações para fiscalizar o comércio essencial nos quiosques da orla e em áreas centrais da Barra da Tijuca, Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste; Ipanema, Leblon, Copacabana e Leme, na Zona Sul. Entre as vias que receberam as equipes, estão: ruas Barão da Torre, Visconde de Pirajá, Prudente de Moraes, Farme de Amoedo, Dias Ferreira, Ataulfo de Paiva, General Sant Martin e Gláucio Gil. A força-tarefa conta com equipes da Guarda Municipal, Secretaria Municipal de Fazenda, da Vigilância Sanitária e da Comlurb.

Números gerais – Em mais de três meses de ações diárias em toda a cidade, a Seop registrou 31.491 estabelecimentos fiscalizados, com 23.311 pontos comerciais fechados, de 18 de março a 20 de junho. Já as equipes do Disk Aglomeração atenderam, até a data, 9.761 ocorrências. Os dez bairros mais demandados são: Campo Grande, Realengo, Bangu, Santa Cruz, Barra da Tijuca, Taquara, Tijuca, Centro, Copacabana e Recreio dos Bandeirantes.

Sobre o estacionamento na orla – A Seop registrou a remoção de 124 veículos pelo descumprimento da suspensão de estacionamento na orla do Leme ao Pontal, neste fim de semana. Neste período de pandemia, o uso de vagas do Rio Rotativo é permitido (por meio de prorrogação do decreto municipal 47.424) somente para moradores e usuários de vagas especiais. Os moradores devem deixar à mostra, no painel do veículo, o Cartão Morador do sistema Rio Rotativo (emitido pela CET-Rio) ou comprovante de residência. Já os usuários de vagas especiais (idosos e deficientes físicos) devem expor o cartão obrigatório de beneficiário. A fiscalização do estacionamento na orla conta com 10 reboques da Coordenadoria de Fiscalização de Estacionamentos e Reboques (Cfer), da Seop.

Ainda por conta da pandemia do novo coronavírus, os depósitos municipais (em São Cristóvão e no Recreio dos Bandeirantes) estão funcionando apenas em dias úteis, das 8h às 17h. O fechamento das unidades aos fins de semana começou em 28 de março. Com isso, se o veículo for removido na sexta-feira e não puder ser retirado no mesmo dia, não serão cobradas as diárias referentes a sábado e domingo. E se a remoção acontecer no sábado ou no domingo, o proprietário pagará apenas uma diária pelo fim de semana.

Categoria: Cidade

21 de junho de 2020