Prefeitura faz 550 inspeções na retomada das fiscalizações do programa Ponta a Ponta da Vigilância Sanitária

Publicado em 19/09/2020 - 11:56 | Atualizado
  • Início/
  • /
  • Prefeitura faz 550 inspeções na retomada das fiscalizações do programa Ponta a Ponta da Vigilância Sanitária
Foram feitas 550 vistorias e aplicadas 179 infrações por várias irregularidades. Crédito: Divulgação/Prefeitura do Rio

A Prefeitura do Rio, por meio da Subsecretaria de Vigilância Sanitária, retomou as fiscalizações programadas que fazem parte do programa Vigilância de Ponta a Ponta, da pasta. Em uma semana de inspeções do órgão, vinculado à Secretaria Municipal de Saúde (SMS), foram feitas 550 vistorias e aplicadas 179 infrações por várias irregularidades, entre elas, falta de insumos de higiene e ausência de licença sanitária.

Desde segunda-feira (14/09) até agora, os fiscais de todas as coordenações da pasta percorreram várias ruas do Centro da cidade e, além de inspecionar, fizeram ações de orientação aos responsáveis pelos estabelecimentos sobre a importância da capacitação dos funcionários e para tirar dúvidas quanto à emissão da licença sanitária, entre outros serviços da Vigilância Sanitária.

Os técnicos do Laboratório Municipal de Saúde Pública (Lasp), da pasta, recolheram 44 amostras de alimentos para análise. As equipes vão atuar na região até o fim da próxima semana. Depois disso, a fiscalização será direcionada para outra região do município.

— É uma maneira de centralizar as ações de todas as coordenações da Vigilância Sanitária e atender a todos os bairros, mapeando e intensificando a fiscalização de olho nas questões higiênico-sanitárias, especialmente neste período de pandemia — afirma Márcia Coelho coordenadora de Fiscalização do órgão.

Suspenso até então por conta das ações específicas com foco no enfrentamento à Covid, o Programa Vigilância de Ponta a Ponta teve início em novembro de 2017 e realiza mutirão em locais de grande concentração de bares, restaurantes, clínicas, entre outros estabelecimentos que comercializam produtos e serviços relacionados a alimentos e a saúde humana e animal.