Prefeitura entrega equipamentos novos ao Hospital Maternidade Herculano Pinheiro, que faz mais de três mil partos por ano

Publicado em 28/07/2020 - 11:29 | Atualizado em 28/07/2020 - 12:51
Unidade de Madureira recebeu 29 aparelhos de alta tecnologia. Foto: Marcos de Paula/Prefeitura do Rio

O prefeito do Rio, Marcelo Crivella, entregou, nesta terça-feira (28/07), 29 novos equipamentos para o Hospital Maternidade Herculano Pinheiro, em Madureira. A unidade recebeu 12 monitores de neonatologia, cinco bombas de seringa, três eletrocardiógrafos, três focos cirúrgicos, duas mesas cirúrgicas, dois aparelhos de ultrassonografia portátil, um esterilizador HI SPEED II e um desfibrilador.

De acordo com Crivella, a modernização tecnológica, além de fortalecer o compromisso da gestão com a saúde, reconhece a tradição da unidade para a população local.

— Hoje estamos fazendo a renovação do parque tecnológico do Herculano Pinheiro, e tenho certeza de que o povo de Madureira vai aplaudir de pé. Muita gente nasceu nesta maternidade e terá filhos e netos aqui também. Hoje é um dia de celebração e de felicidade — destacou o prefeito.

Os equipamentos foram adquiridos na China e são fruto do investimento de mais de R$ 370 milhões da atual gestão para estruturar e modernizar as unidades municipais de saúde. Foram comprados mais de 18 mil itens, entre eles 27 tomógrafos.

— Além dessas entregas, abrimos 245 leitos em municípios próximos ao Rio, emprestando outros equipamentos. Isso é uma grande vitória. Essa é a prova de que cuidamos das pessoas, não só dos 6,5 milhões da capital, mas dos 11 milhões da região metropolitana, dos cariocas da Baixada Fluminense, dos da Costa Verde e daqueles que vêm de outros estados — elencou a secretária municipal de Saúde, Beatriz Busch.

No município, receberam os equipamentos os hospitais da Mulher Mariska Ribeiro, Ronaldo Gazolla, de campanha, Evandro Freire, Barata Ribeiro, Miguel Couto, Salgado Filho, Rocha Faria, Pedro II, Lourenço Jorge, Rocha Maia, Jesus, Francisco da Silva Telles, Albert Schweitzer, Souza Aguiar, Nossa Senhora do Loreto, Piedade, as maternidades Leila Diniz, Fernando Magalhães e Maria Amélia Buarque de Hollanda e os CERs Barra, Leblon e Centro.

Herculano Pinheiro: assistência às gestantes da Zona Norte

O Hospital Maternidade Herculano Pinheiro é uma unidade com o perfil de atendimento materno-infantil para partos de baixo risco e conta com atendimento de, emergência 24 horas. A unidade está integrada às outras 11 maternidades da rede pelo Programa Cegonha Carioca, com um serviço de acolhimento que busca garantir o melhor cuidado para a mãe e o bebê e que oferece incentivos ao pré-natal, como o transporte em ambulância especializada para a maternidade na hora do parto.

A Maternidade Herculano Pinheiro atende, em média, 1.266 mulheres na emergência e faz mais de 1.500 partos por semestre. O atendimento ambulatorial recebe mais de 500 pacientes mensalmente. A unidade conta com serviços de obstetrícia, neonatologia, anestesiologia, psicologia, saúde mental, fonoaudiologia, fisioterapia e realiza exames laboratoriais além dos de imagem como raio x e ultrassonografia.

A estrutura conta com 57 leitos, sendo 41 leitos de alojamento conjunto (distribuídos em 9 enfermarias), quatro leitos de canguru, quatro unidades de Tratamento Intensivo Neonatal (UTIN) e oito unidades de Cuidados Intensivos Neonatais (UCIN) e também conta com um banco de leite humano.

Quem foi Herculano Pinheiro?

Herculano Pinheiro foi médico do Dispensário de Cascadura na época em que a antiga Maternidade Suburbana foi encampada pela Prefeitura em 1933 pelo prefeito Pedro Ernesto. Hoje a Maternidade Herculano Pinheiro é uma homenagem ao médico e diretor.